Flu quer ganhar tudo o que disputar

?O Fluminense não vai priorizar nenhuma competição em 2006. Dará atenção especial a todas?. Com um discurso proporcional à grandeza do clube, o técnico Ivo Wortmann se apresentou nesta terça-feira no Salão Nobre das Laranjeiras. E lançou a meta inicial: conquistar o bicampeonato carioca. ?O Estadual do Rio é um torneio muito importante. Para um clube ser considerado forte, precisa ser grande dentro de casa?, declarou o treinador, de 56 anos. Ele foi além. Disse que a equipe tricolor vai lutar por qualquer título, mesmo que isso acarrete um desgaste maior. ?Privilegiar esta ou aquela competição é um grande erro. Não há preferência por Estadual, Copa do Brasil, Brasileiro ou Sul-Americana. Para o Fluminense, todas têm o mesmo grau de importância?. O pensamento de Wortmann é compartilhado pela diretoria. De acordo com o treinador, o Fluminense contratará jogadores à altura dos que estão deixando o clube, casos do laterais Gabriel e Juan, do atacante Leandro e do goleiro Kléber. ?A boa temporada do Fluminense valorizou os atletas. Logo, o assédio é grande e fica difícil manter todo elenco. O mais importante é contratar peças de reposição com boa qualidade. Minimizar o erro é essencial?, disse Wortmann, favorável à renovação do contrato do atacante Tuta, que se encerra no fim de 2005. ?É um jogador de referência. Se ele for embora, temos que achar outro com as mesmas características?.

Agencia Estado,

13 de dezembro de 2005 | 19h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.