Flu reclama do fim da venda de ingressos no Maracanã

A diretoria do Fluminense protestou oficialmente contra a decisão da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Estado do Rio de Janeiro que determina o fechamento das bilheterias do Estádio do Maracanã em dia de jogos. Em nota divulgada no seu site oficial, o clube lembra que os torcedores estão acostumados a adquirir os ingressos apenas no dia dos jogos.

AE, Agencia Estado

20 de janeiro de 2010 | 16h27

"Além dos danos financeiros acarretados pelo fechamento das bilheterias do Maracanã em dias de jogos, o Fluminense também está apreensivo em relação ao prejuízo que os torcedores que estão acostumados a adquirir seu ingresso horas antes das partidas possam sofrer", reclama.

A diretoria do Fluminense acredita que a decisão vai facilitar a ação de cambistas. "Uma outra temeridade é a ação dos cambistas nos dias de jogos no Maracanã. Numa época em que os clubes fazem de tudo para impedir esta prática criminosa, os cambistas se tornarão os grandes beneficiados com a medida tomada pela Secretaria", afirma.

A ação foi adotada pela primeira vez na partida entre Flamengo e Duque de Caxias, disputada no último domingo. Com isso, vários torcedores tiveram que voltar para casa sem ver o jogo. Diante da confusão surgida nas imediações do Maracanã, as bilheterias foram abertas momentos antes do início da partida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.