Flu sonha em dar nova goleada no Fla

Flamengo e Fluminense disputam neste domingo, às 18 horas, o clássico da rodada do Campeonato Brasileiro e o Tricolor acredita ser possível reeditar a goleada por 3 a 0, aplicada ao rival, na última vez em que se enfrentaram, pelo Carioca - num jogo em que os três gols surgiram em apenas 11 minutos. Para animar o ambiente no clube, o atacante Fábio Bala, artilheiro do Carioca, volta à equipe após se recuperar de lesão e renovar contrato.O técnico Renato Gáucho demonstrou otimismo, mas sem exageros. Disse estar satisfeito com a presença de Fábio Bala.Renato: "O importante é que o Flu teve uma semana para treinar. Ainda não jogamos tudo o que podemos. Mas um clássico sempre motiva e vai vencer quem errar menos e quem tiver uma pegada mais forte", declarou. Para Renato, seu time precisará neutralizar o que considera os pontos fortes do adversário, como não dar liberdade a Felipe. Marciel será o encarregado de marcá-lo.O Fluminense ainda não venceu no Brasileiro. Ao contrário, o Flamengo vem embalado após uma vitória expressiva sobre o Bahia, em Salvador, com atuação convincente. O técnico Nelsinho Baptista não definiu a escalação da equipe. Ele tem pelo menos uma dúvida, no meio-de-campo.Fábio Baiano tem mais chances de ser o titular e Andrezinho deve ficar no banco. Com Fábio, o Flamengo ganharia em marcação. A segunda opção daria mais velocidade ao time.No ataque, Fernando Baiano está confirmado. Para Nelsinho, um outro bom resultado pode servir para embalar o Flamengo na competição. "Nos manteria nas primeiras colocações e isso é muito importante em início de campeonato, para dar confiança e impos respeito." O meia Felipe não se incomoda com a já anunciada perseguição que sofrerá no clássico."O Marciel é um bom jogador, não é desleal, mas sei que não vou ter moleza nos outros jogos do Brasileiro também." Para Felipe, não há comparação entre o jogo do Carioca e o de hoje. "São campeonatos diferentes, temos um novo técnico e não devemos pensar em vingança, só em buscar os três pontos. Se for de 1 a 0, será muito bom."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.