Flu vence Americano com dificuldades

Com dificuldades, o Fluminense venceu o Americano por 1 a 0, hoje, no Maracanã, se igualando ao time de Campos na liderança do segundo turno do Campeonato Carioca, com 12 pontos. Para chegar à vitória, o Tricolor contou com uma bola parada - falta cobrada por Ramón. Jogando bem, o Americano mostrou porque tem feito uma campanha impecável na competição. O time de Campos atuou de forma corajosa: atacou o Fluminense desde o início. O Tricolor, no entanto, estava bem no primeiro tempo, com Ramón e Viveiros com forte movimentação, o que possibilitou à equipe criar oportunidades de gols. Aos 17 minutos, Ramón cobrou falta com perfeição sobre a barreira, sem defesa para o goleiro Brás que pulou atrasado. O goleiro do Americano se redimiu em outro lance, ao defender chute de Viveiros, que entrou na área livre. No rebote, ainda impediu que o cruzamento do colombiano chegasse a Ramón. Após o intervalo, o Americano voltou com mais ímpeto e, com uma marcação mais bem posicionada, anulou a ação de Ramón e Viveiros. O time de Campos quase chegou ao empate em lance inusitado. Depois de cobrança de falta, César desviou de cabeça e a bola bateu na trave. Sem desanimar, o Americano seguiu pressionando, o que provocou o recuo do Fluminense. Ramón torceu o tornozelo esquerdo e foi substituído por Yan, o que diminuiu a criatividade do Tricolor. O jogo se tornou violento, com faltas fortes de ambos os lados. Uma conseqüência da rispidez dos times foi a expulsão de Donizete, que pisou em Viveiros. Antes de acabar o jogo, Agnaldo quase conseguiu aumentar o placar, mas chutou em cima do goleiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.