Flu vence Cabofriense por 2 a 0

O Fluminense só precisou de 10 minutos para vencer o Cabofriense, por 2 a 0, no Estádio Correão, pelo Campeonato Carioca. Com a vitória, o Tricolor praticamente garantiu sua classificação à próxima fase. Para perder a vaga, o Americano tem que vencer o Friburguense e o Botafogo golear o América. As duas partidas acontecem na quarta-feira. O Fluminense repetiu o que já havia feito na partida contra o Americano, na rodada do meio de semana, e partiu com tudo para cima do Cabofriense. Aos 8 minutos, Carlos Alberto fez boa jogada e chutou. No rebote do goleiro Flávio, o meia Alex Oliveira abriu o marcador. No ataque seguinte, aos 10 minutos, o atacante Ademílson recebeu dentro da área e caiu. O árbitro Amaurílio Saleão apitou o pênalti. Carlos Alberto cobrou e ampliou para o Fluminense. Com a vantagem no placar, o Tricolor se acomodou e passou a tocar a bola esperando o término do primeiro tempo. No segundo tempo, o Fluminense perdeu muitas oportunidades. Numa delas, Fábio Bala, livre dentro da área, desperdiçou. O Cabofriense não assustava o gol tricolor e parecia conformado com o placar. Outros jogos - O Americano venceu o América, por 1 a 0, em Édson Passos, numa partida confusa em que o América teve um gol legal anulado. Com o resultado, o time de Campos mantém suas chances de se classificar à próxima fase bem como ser campeão. Para conseguir o título, precisa vencer o Friburguense por oito gols de diferença. O Madureira derrotou o Volta Redonda, por 2 a 0, em Conselheiro Galvão. O Volta Redonda foi rebaixado para a Segunda Divisão. Em Moça Bonita, Bangu e Olaria empataram por 0 a 0. O jogo não terminou porque o técnico do Olaria invadiu o gramado e impediu uma cobrança de pênalti. O juiz Humberto Ezequiel expulsou todos os jogadores do Olaria e encerrou a partida. Fluminense: Kléber; Jancarlos, Zé Carlos, Rodolfo e Jadílson; Marcão, Marciel, Alex Oliveira e Carlos Alberto (Eduardo); Fábio Bala (Djair) e Ademílson. Técnico: Renato Gaúcho.Cabofriense: Flávio; Adriano Leite, Fabiano, Luciano Gá e Éverton; Marcos Marins, Arcelino (Eduardo), Joãozinho (Fábio Luís) e Teti; Marcelinho e Zé Carlos. Técnico: Dário Lourenço.Gols: Alex Oliveira aos 8 e Carlos Alberto aos 10 minutos do primeiro tempo.Árbitro: Amaurílio Saleão Cartão amarelo: Carlos Alberto, Marcos Marins e Luciano Gá.Renda e público - Não divulgados Local - Correão, em Cabo Frio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.