Flu vence e decide título com o Fla

O primeiro turno do Campeonato Carioca será decidido em um clássico entre dois dos clubes de maior tradição do Brasil: Flamengo e Fluminense. Apesar da atuação irregular, o Tricolor venceu hoje o Americano, por 1 a 0, no Maracanã, e obteve a vaga na decisão. Na quinta-feira, o Flamengo derrotou o Vasco e já havia se garantido na final, prevista para o dia quatro de março. Desde o início, o Fluminense tentou impor seu ritmo de jogo, mas o Americano, bem armado taticamente, dificultou as ofensivas do adversário. A formação 3-5-2, adotada pelo técnico tricolor Valdir Espinosa, não produziu os resultados satisfatórios das partidas anteriores. Durante o primeiro tempo, o Americano criou as melhores oportunidades de gol e só não abriu o placar, por causa da eficiência do goleiro do Fluminense, Murilo. Aos 15 minutos, o lateral-esquerdo Rondinelli chutou forte da entrada da área e Murilo realizou uma bela defesa. Em seguida, foi a vez do atacante Marcelo Carioca exigir uma nova defesa do goleiro tricolor. Enquanto o Americano pressionava, o Fluminense, que tinha maior posse de bola, seguia atacando sem objetividade. O gol do Tricolor surgiu depois das falhas de dois jogadores adversários. Rondinelli tentou atrasar a bola para o goleiro Brás, mas ela sobrou para o atacante Agnaldo inaugurar o marcador, aos 44 minutos. O Fluminense voltou para o segundo tempo com mais disposição e melhorou seu desempenho na partida, apesar dos erros de marcação da equipe persistirem. Em uma arbitragem confusa, o juiz Jorge Travassos anulou um gol legítimo do Tricolor, aos 12 minutos, atendendo ao aceno do bandeira Luís Antônio Leitão, que marcou um impedimento inexistente do atacante Marco Brito. A derrota parcial não desanimou o Americano, pois o empate levaria a decisão sobre o finalista para a disputa de pênaltis. Rondineli e Luciano Viana desperdiçaram duas boas oportunidades de gol e não conseguiram superar o bloqueio defensivo do Fluminense. Volta - O confronto contra o Americano marcou a volta do atacante Magno Alves ao Fluminense. O jogador atuou por 34 minutos no segundo tempo e armou boas jogadas para a equipe. Magno não disputava uma partida oficial pelo Tricolor desde o ano passado porque não conseguiu um entendimento sobre a sua renovação de contrato. Durante esta semana, ele regularizou sua situação no clube e, por dois anos de contrato, receberá mensalmente R$ 100 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.