Flu x Americano: recurso adia decisão

A final do Campeonato Estadual entre Fluminense e Americano, que estava marcada para esta quarta-feira à noite, foi adiada por causa de um recurso impetrado pelo departamento Jurídico do Bangu. O clube quer a impugnação do jogo em que empatou com o Tricolor, por 0 a 0, e que não terminou devido a uma confusão provocada pela anulação de seu gol, no último minuto do segundo tempo da prorrogação. O juiz Reinaldo Ribas anulou o lance, marcando toque de mão do goleiro banguense Eduardo que estava na área adversária. Com o adiamento da partida, o departamento Jurídico do Fluminense estuda uma maneira de antecipar o julgamento do recurso para que as duas partidas da final sejam disputadas no domingo e na quarta-feira da próxima semana. O vice-presidente de Futebol do Tricolor, Marcelo Penha, disse que por se tratar de uma liminar, o clube não tem como cassá-la. "Nós não queremos batalhas jurídicas. O Fluminense quer entrar em campo e decidir a competição com o Americano", afirmou Penha. "Além disso, o clube viaja dia 28 para a disputa da Copa dos Campeões." O dirigente disse não acreditar que o Bangu tenha sucesso em seu objetivo. "Erros acontecem. O juiz da partida do Brasil com a Bélgica assumiu que errou quando reviu o lance pela TV e o jogo não foi cancelado", disse Marcelo. "A seleção vai enfrentar a Inglaterra normalmente." O dirigente afirmou que o Fluminense não aceita dividir o título com o Americano, caso não haja datas para a disputa das finais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.