Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Flu x Botafogo: clássico sem favorito

Fluminense e Botafogo fazem hoje a partir das 16 horas, no Estádio da Cidadania, em Volta Redonda, um clássico sem favorito. Tanto nas Laranjeiras quanto em General Severiano há muito respeito pelo adversário. Ninguém ousa provocar o rival. As semelhanças não param por aí: as duas equipes são, até o momento, a salvação do futebol carioca. Lutam para retornar à liderança do Campeonato Brasileiro e fazem boas campanhas.Até a bola rolar, o clima é de tranqüilidade. A promessa é de casa cheia e de um espetáculo limpo, sem faltas desleais e sem violência dentro e fora de campo. "Jogar contra o Fluminense é sempre motivante. Espero que o Botafogo possa fazer um bom jogo e conseguir a vitória", declara o presidente alvinegro, Bebeto de Freitas.A fase do Fluminense é um pouco melhor que a do Botafogo. Vice-campeã da Copa do Brasil, a equipe das Laranjeiras, porém, foi derrotada em casa pelo Paraná há uma semana e perdeu o meia Felipe, machucado, por um mês.Já o Botafogo trocou de treinador recentemente, vem de três derrotas seguidas, mas não é um time abatido. Pelo contrário, fará o possível e o impossível para não se afastar do pelotão da frente."Clássico não tem favorito. Eles vêm de três derrotas, mas têm uma grande equipe. Todo cuidado é pouco", alerta o volante tricolor Marcão. Do outro lado, o pensamento é semelhante: "O Fluminense merece nosso respeito. É um time perigoso e que joga pra frente", diz, cauteloso, o volante Jonílson.A relação amistosa somente termina quando o assunto passa a ser o último confronto entre os dois times. Naquela ocasião, o Fluminense goleou o rival por 4 a 0, em partida válida pelo Campeonato Carioca.Em General Severiano, há uma vontade, mesmo que de forma velada, de devolver a goleada no clássico de hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.