Mailson Santana/ Divulgação
Mailson Santana/ Divulgação

Fluminense abre Primeira Liga em 24 de janeiro e Chapecoense joga no dia 26

Atual campeão da competição faz jogo de abertura contra o Criciúma

Estadão Conteúdo

30 de dezembro de 2016 | 10h51

A Primeira Liga detalhou a tabela das duas primeiras semanas da edição de 2017 do torneio, com a definição de horários e datas, e determinou que o Fluminense, o campeão do torneio em 2016, vai abrir a competição em 24 de janeiro, quando será o mandante do duelo com o Criciúma, agendado para as 20 horas.

As duas primeiras semanas da Copa da Primeira Liga, entre 24 de janeiro e 2 de fevereiro, terão sete dos oito jogos da rodada inicial sendo disputados. O duelo entre Fluminense e Criciúma é valido pelo Grupo A, que terá a primeira rodada completada em 1º de fevereiro, quando o Internacional receberá o Brasil de Pelotas, às 19h30.

Em 25 de janeiro, dia seguinte ao início da Primeira Liga, serão disputados dois jogos, ambos pelo Grupo D e às 19h15. O Paraná vai duelar em casa contra o Avaí, enquanto o Figueirense será mandante contra o Londrina.

Depois, em 26 de janeiro, a Chapecoense fará o seu primeiro jogo por uma competição após a tragédia aérea antes da decisão da Copa Sul-Americana. O time receberá o Joinville, às 20 horas, pelo Grupo C.

Na semana seguinte, serão realizados dois jogos da primeira rodada, além do duelo de estreia do Inter. Cruzeiro e Atlético Mineiro vão se enfrentar em clássico agendado para 1º de fevereiro, a partir das 19h30, também pelo Grupo C. No dia seguinte, será a vez de o América Mineiro receber o Ceará, às 19h15, pelo Grupo B. A rodada dessa chave só será concluída no dia 8, quando o Flamengo vai encarar em casa o Grêmio. Esse duelo, porém, ainda não teve o seu horário determinado.

Na edição de 2017 da Copa da Primeira Liga, os dois primeiros colocados das quatro chaves avançam às quartas de final. A partir daí, o torneio é disputado em mata-mata, com jogos únicos até a definição do campeão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.