Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Fluminense anuncia acordo com Scarpa e Palmeiras e encerra briga na Justiça

Imbróglio envolvendo as três partes havia começado ainda no fim de 2017

Estadão Conteúdo

03 Outubro 2018 | 22h18

O Fluminense anunciou nesta quarta-feira que o impasse jurídico envolvendo Gustavo Scarpa está encerado. Em nota oficial, o clube explicou ter fechado um acordo com o Palmeiras e o próprio jogador, retirando a sua ação da Justiça. Os detalhes do acerto não foram revelados, mas o time carioca teria recebido uma compensação financeira.

"O Fluminense Football Club comunica que chegou a um acordo com o atleta Gustavo Scarpa e com a Sociedade Esportiva Palmeiras. O clube sempre buscou este caminho e deseja ao atleta sorte e sucesso no restante da carreira. Agradecemos ao atleta pelo profissionalismo, dedicação e conduta correta durante todo o período em que esteve conosco", afirmou o time das Laranjeiras através de um comunicado oficial.

O impasse envolvendo Fluminense e Scarpa se iniciou em dezembro de 2017. O jogador acionou o clube na Justiça para se desligar judicialmente do time carioca, além de ter solicitado o pagamento de cerca de R$ 10 milhões alusivos a supostos atrasos salariais e de outras obrigações, como direito de imagem e recolhimento do FGTS.

Desde então, o caso teve uma série de reviravoltas. Scarpa conseguiu a liberação para atuar pelo Palmeiras, mas o Fluminense chegou a revertê-la temporariamente, em março, o deixando afastado dos gramados até junho, quando o jogador teve outra decisão favorável. O caso, porém, continuava na Justiça.

Nesta temporada, Scarpa disputou 15 jogos pelo Palmeiras, com dois gols marcados. Ele não atua desde 12 de agosto por causa de um trauma no calcanhar direito, mas, recuperado, voltou a treinar nesta terça-feira.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.