Divulgação/Fluminense
Divulgação/Fluminense

Fluminense anuncia Caio Paulista e Felippe Cardoso e renova com Yuri até 2022

Jogadores que estavam no Avaí e no Ceará, respectivamente, chegam para reforçar o clube carioca

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de janeiro de 2020 | 23h20

A diretoria do Fluminense oficializou nesta quinta-feira duas contratações para a temporada 2020, além da manutenção de um jogador que estava no elenco no ano passado. O clube das Laranjeiras se reforçou com os atacantes Caio Paulista, que estava no Avaí, e Felippe Cardoso, ex-Ceará, além de ter acertado a permanência do volante Yuri no elenco.

Caio Paulista, de 21 anos, defendeu o Avaí em 2019 e foi emprestado ao Fluminense até o fim de 2020. O atacante também defendeu o Ceará profissionalmente e está de volta ao clube carioca, pois passou pelas divisões de base em Xerém, como destacou em suas primeiras palavras como jogador do clube.

"É um momento muito importante para mim, estou bem motivado. Já joguei no Flu na base. Coloquei na minha cabeça que um dia eu iria voltar e esse dia chegou. É muito gratificante para mim. Que seja um ano de muitas conquistas e realizações", disse o atacante ao site oficial do Fluminense.

Felippe Cardoso, também de 21 anos, pertence ao Santos, que o cedeu por empréstimo até o fim da temporada, com opção de aquisição ao fim desse período. No ano passado, ele atuou por empréstimo pelo Ceará. E deu seus primeiros passos no futebol com a camisa da Ponte Preta.

"Estou muito feliz com essa oportunidade na minha carreira e espero corresponder todas as expectativas. Chego num grande clube, com uma estrutura muito boa e tenho certeza que 2020 será um ano ótimo para o Fluminense. Espero fazer parte disso e ajudar o time na conquista dos objetivos. É um clube que já teve grandes jogadores da minha posição e isso me motiva ainda mais para chegar e realizar um bom trabalho. Vou me dedicar ao máximo e agora é fazer uma boa pré-temporada", comentou o centroavante.

Já Yuri, de 25 anos, também pertencia ao Santos, mas agora firmou um vínculo em definitivo com o Fluminense, válido até o fim de 2022. Ele estava no clube desde maio de 2019, tendo disputado 25 jogos. Antes, também teve passagens por Audax-SP e Audax-RJ.

"Tive um ano muito bom no clube e fico muito feliz de permanecer por mais tempo. Agradeço ao Fluminense por acreditar em mim e pelo esforço para contar comigo. Espero retribuir essa confiança dentro de campo", comentou.

Para Entender

Mercado da Bola

Veja as principais negociações do futebol brasileiro. Clubes se movimentam para tentar se reforçar visando a próxima temporada

 

Tudo o que sabemos sobre:
Ceará Esporte ClubeFluminensefutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.