Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Fluminense apresenta mais três reforços para a temporada de 2015

Com sete contratações já realizadas, clube não pensa em novas aquisições neste início de ano por conta dos problemas financeiros

Estadão Conteúdo

08 de janeiro de 2015 | 17h21

O Fluminense apresentou oficialmente nesta quinta-feira os três últimos reforços previstos para este início de ano. São eles: os zagueiros João Filipe e Victor Oliveira e o lateral-esquerdo Giovanni. Nomes poucos conhecidos no futebol brasileiro, eles querem aproveitar a chance no time tricolor para ganhar projeção.

"Eu batalhei muito para estar aqui. Chegou a minha hora. Vou fazer o melhor para poder continuar no clube, um gigante do futebol brasileiro. A cobrança já é grande por ser um clube gigante", afirmou o lateral-esquerdo Giovanni.

Se for preciso se adaptar a outra posição para conquistar um espaço no time do técnico Cristóvão Borges, os novos reforços prometer versatilidade. "Posso jogar na zaga ou um pouco mais na frente. Gosto de jogar nas duas posições. Vou ver o que o professor vai achar melhor. Se quiser que eu seja volante, vou ficar feliz. Se quiser que eu seja zagueiro, vou ficar feliz. Espero fazer um excelente trabalho aqui no Fluminense e aproveitar a oportunidade que Deus me deu", garantiu Victor Oliveira, seguido por seu companheiro de posição, João Felipe.

"Estou tranquilo. Sei da responsabilidade, mas estou preparado e feliz pela oportunidade. Espero contribuir bastante para que o Fluminense tenha grandes conquistas. Vou fazer o meu trabalho e dar o meu melhor. Se o professor Cristóvão precisar contar comigo em outras posições, vai poder."

Na última quarta-feira foram apresentados os meias Marlone e Vinícius, o atacante Lucas Gomes e o lateral-esquerdo Guilherme Santos. Em razão de problemas financeiros, o clube não pensa em novas contratações neste início de ano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.