Bruno Haddad/Divulgação
Bruno Haddad/Divulgação

Fluminense afunda o Avaí com 3 a 1 e espanta de vez o risco de queda

Cariocas se garantem na Série A e jogam rivais para zona de risco

LUCIANO PÁDUA, ESPECIAL PARA A AE, Estadão Conteúdo

22 Novembro 2015 | 21h53

O Fluminense fez uma partida segura e derrotou o Avaí por 3 a 1, neste domingo, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time tricolor carioca afastou definitivamente qualquer risco de ser rebaixado e manteve o planejamento de encerrar a competição em alto nível. A equipe está agora na 14.ª posição, com 46 pontos. O placar fez o clube de Florianópolis cair para a 17.ª colocação, com 38 pontos, adentrando a zona de rebaixamento.

Os catarinenses seguirão tentando fugir da degola no próximo sábado contra a Ponte Preta, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, às 21 horas. Já o Fluminense recebe o Internacional no estádio do Maracanã, no Rio, também no sábado, às 19h30.

A partida começou com domínio total do time tricolor e sem grandes lances. Somente aos 19 minutos a partida teve seu primeiro lance de perigo. Nino Paraíba tentou recuar de cabeça, mas a bola pegou o goleiro Vagner no contrapé e, em um susto, saiu para escanteio. Na cobrança, Gum subiu mais que a zaga, cabeceou no canto e abriu o placar.

O clube carioca mostrou disposição e abafou os catarinenses, que tinham muita dificuldade para se organizar ofensivamente. Aos 25 minutos, o Fluminense detinha 76% da posse de bola. No final do primeiro tempo, o Avaí passou a sair ao ataque com mais agressividade, mas esbarrou na própria incapacidade de finalização e na marcação concisa dos cariocas.

Logo no início do segundo tempo, o goleiro Vagner protagonizou um lance inusitado. Em saída ruim, errou a bola, que sobrou para Fred. O capitão tricolor acabou colocando a mão na bola - sorte para o Avaí. Aos 14 minutos, os tricolores chegaram bem com Wellington Silva, que cruzou para Fred. A finalização do atacante foi para fora.

O time catarinense buscou atacar mais. Aos 16 minutos, a bola ficou um minuto dentro da área dos cariocas, mas a defesa tricolor afastou. Aos 19, Camacho recebeu dentro da área, bateu forte, mas a bola desviou no zagueiro Gum.

Aos 22 minutos, no entanto, o Fluminense saiu em um contra-ataque rápido. Marcos Junior bateu para o gol e Vagner defendeu bem. Dois minutos depois, os catarinenses quase marcaram. Camacho deslocou Diego Cavalieri em cruzamento. O lateral Wellington Silva foi mais rápido que Leo Gamalho e salvou o time.

O jogo ficou bastante aberto. Aos 29 minutos, o zagueiro Pablo ficou indeciso, errou a saída de bola e praticamente recuou para Marcos Júnior. O atacante, livre, cruzou para Osvaldo, que completou para o fundo das redes e ampliou a vantagem dos mandantes.

Depois do segundo gol, os visitantes ficaram desnorteados, o que deixou muitos espaços para o time tricolor. Com a vitória praticamente garantida, os cariocas apenas buscaram administrar o resultado. Gustavo Scarpa ainda desperdiçou uma excelente oportunidade cara a cara com o goleiro aos 39 minutos. Aos 41, Fred e Wellington Paulista fizeram bela tabela na intermediária. O capitão tricolor recebeu com liberdade e, da meia lua, encobriu o goleiro Vagner com categoria e fez um belo gol.

Os visitantes pressionaram no final do jogo e, aos 44 minutos, Leo Gamalho acertou um excelente chute de fora da área e diminuiu. A reação não foi suficiente para alterar o resultado final da partida.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3 x 1 AVAÍ

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Higor Leite, Gum, Marlon e Wellington Silva (Ayrton); Pierre, Jean (Osvaldo), Cícero e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior (Wellington Paulista) e Fred. Técnico: Eduardo Baptista.

AVAÍ - Vagner; Nino Paraíba, Emerson, Antonio Carlos e Eltinho; Renan, Claudinei (Néstor Camacho), Pablo e Renan Oliveira (Rômulo); Anderson Lopes e André Lima (Léo Gamalho). Técnico: Raul Cabral.

GOLS - Gum, aos 20 minutos do primeiro tempo; Osvaldo, aos 29, Fred, aos 40, e Leo Gamalho, aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marcos Júnior (Fluminense); Renan, Pablo e Emerson (Avaí).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues Guerra (SP).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES).

Mais conteúdo sobre:
futebol Brasileirão Fluminense Avaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.