Fluminense/Site oficial
Fluminense/Site oficial

Fluminense bate o Madureira e sobrevive na briga pela semifinal da Taça Guanabara

Vitória por 2 a 1 fora de casa é a primeira do tricolor na temporada

Estadão Conteúdo

28 Janeiro 2018 | 21h22

Em jogo morno e sem grandes emoções, o Fluminense conheceu sua primeira vitória no Campeonato Carioca. Na noite deste domingo, a equipe dirigida por Abel Braga derrotou o Madureira por 2 a 1, no estádio de Los Larios, em Duque de Caxias, em jogo válido pela quarta rodada da Taça Guanabara.

+ TEMPO REAL - Madureira 1 x 2 Fluminense

+ TABELA - Classificação da Taça Guanabara

Com o resultado, o Fluminense segue vivo na briga por uma vaga na semifinal do torneio. A equipe chegou aos cinco pontos, em quarto lugar do Grupo C, precisando de uma combinação de resultados na última rodada para avançar.

O Fluminense vai receber, no próximo fim de semana, o Macaé e pode chegar aos oito pontos. Mas antes disso, quarta-feira, às 19h30, vai enfrentar a Caldense, em Poços de Caldas (MG), pela primeira fase da Copa do Brasil. O Madureira é o lanterna da chave, com dois pontos e só cumprirá tabela contra o líder Botafogo. Também na quarta, recebe o São Paulo pela Copa do Brasil.

Ainda em construção, o Fluminense adotou uma postura ofensiva e abriu o placar logo aos dez minutos. Depois de lançamento de Jadson, Ayrton ajeitou de cabeça e cruzou para Marcos Júnior completar para o fundo das redes, no segundo pau. A vantagem, no entanto, durou pouco, pois aos 13 minutos, o Madureira empatou. Depois de cobrança de escanteio, a bola foi desviada para o meio da área e William apareceu para desviar de cabeça.

Depois do começo intenso, a partida caiu de nível. A falta de inspiração dos dois times e o gramado ruim de Los Larios, que contava com muitos formigueiros, contribuíram para a queda de produção.

Mesmo assim, mais na base da vontade do que no futebol, o Fluminense voltou a ficar na frente ainda na primeira etapa. Aos 44 minutos, Pedro aproveitou cobrança de escanteio precisa e cabeceou firme, sem chances para Douglas.

O segundo tempo foi bem mais brigado e pouco jogado. Com apenas 15 minutos, foram distribuídos quatro cartões amarelos. O jogador mais interessado em buscar algo diferente foi o atacante Marcos Júnior. Em cobrança de falta, ele exigiu grande defesa de Douglas, na chance mais clara da segunda etapa.

FICHA TÉCNICA

MADUREIRA 1 X 2 FLUMINENSE

MADUREIRA - Douglas; Fellipe Formiga, Danrlei, Edmário e Renan (Igor Catatau); Rezende, William, Leandro Carvalho (Keven) e Douglas Lima; Luciano Naninho e Souza (Júlio César). Técnico: PC Gusmão.

FLUMINENSE - Júlio César; Renato Chaves, Gum e Ibañez (Frazan); Gilberto, Jadson, Richard, Robinho (Caio) e Ayrton; Pedro e Marcos Júnior. Técnico: Abel Braga.

GOLS - Marcos Júnior, aos 10, Willian, aos 13, e Pedro, aos 45 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Maurício Machado Coelho Júnior (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Leandro Carvalho, Willian e Souza (Madureira); Jadson e Richard (Fluminense)

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.