Fluminense busca empate no Mineirão

Escapar do rebaixamento já é umatarefa complicada. Ter de fazê-lo enfrentando o melhor time doPaís, campeão do atual Campeonato Brasileiro e que não perde háseis rodadas, é pior ainda. Pois esta será a missão doFluminense, neste domingo, às 16 horas, no Mineirão. Um empate,inclusive, é considerado um bom resultado pelos jogadores doTricolor carioca. Até porque, na última rodada, a equipe enfrenta o Juventude,em casa. E para dificultar ainda mais a complicada situação doFluminense, o meia Carlos Alberto, principal articulador dasjogadas de ataque e referência para o atacante Romário, vaidesfalcar o time neste momento tão importante. O atleta sofreuum estiramento na coxa esquerda e será substituído pelo jovemTiago, que reconhece a responsabilidade que terá em campo. "Esta será a primeira vez que atuo como titular. Estou muitoansioso. Acho que o Renato (Gaúcho, técnico) só me escolheuporque tenho um bom passe", disse Tiago. O jogador sabe que, além de ajudar os atacantes, terá decolaborar na marcação dos adversários. "Assim, eu alivio oMarcão e o Sidney." Nem a ausência de Aristizábal, machucado, faz os jogadores doFluminense mudarem de pensamento quanto à capacidade doCruzeiro. "Ele é um jogador experiente, mas existem bonssubstitutos como o Mota", afirmou Renato. O zagueiro Rodolfofaz coro com o treinador. "Independentemente de quem vai atuar, nossa preocupação seráa mesma." Em contrapartida, se Aristizábal não vai jogar, Alexvolta ao Cruzeiro após cumprir suspensão. Para Renato, o meia éo melhor jogador do Brasil na atualidade. Porém, revelou que oFluminense não fará marcação individual. "Eles têm peças dereposição e esta é a diferença para nós. Sai o Alex e entra oZinho."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.