Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Nelson Perez/Fluminense FC
Nelson Perez/Fluminense FC

Fluminense busca superar desfalques no meio para o confronto contra a Chapecoense

Abel Braga não contará com voltante Douglas e meia Sornoza para enfrentar time catarinense

Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2017 | 09h46

Embalado pelas vitórias nas duas últimas partidas, o Fluminense vai precisar superar importantes desfalques no meio de campo para o duelo contra a Chapecoense, neste domingo, às 19 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Leia mais notícias sobre o Fluminense

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

+ Chuva atrapalha programação em Chapecó e Fluminense treina em campo sintético

O volante Douglas voltou a reclamar de dores articulares, enquanto que o meia equatoriano Sornoza tem um incômodo na coxa direita. Os dois, assim, devem ser preservados para o confronto contra o Flamengo nesta quarta-feira, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Orejuela, Henrique e Wellington Silva são outros desfalques confirmados contra a Chapecoense.

Sem eles, o mais provável é que Wendel retorne ao time titular. O meio-campo foi barrado no clássico contra o Flamengo por ser atrasar aos treinos, retornou na vitória sobre o Avaí e acabou suspenso para o último triunfo sobre o São Paulo. Já Mateus Norton e Marlon Freitas disputam a outra vaga.

Mesmo com os desfalques, a confiança é grande para manter o Fluminense embalado. "Mais um jogo difícil, não tem jogo fácil no Brasileirão. Acho que temos que fazer o que temos feito desde o clássico contra o Flamengo: jogar compacto e ficar com a bola. Quando não estiver com a bola, marcar e continuar na mesma pegada. Temos que entrar em campo com foco. É o que o nosso time tem tido, foco e união fora de campo. Respeito a equipe da Chapecoense, mas, se continuarmos com essa pegada, temos tudo para fazer um bom jogo e sair com a vitória", apostou o volante Richard.

Os bons resultados recentes levaram o Fluminense para a 11.ª colocação com 38 pontos, ainda distante na disputa por uma vaga na Copa Libertadores, mas menos pressionado pela ameaça do rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.