Divulgação
Divulgação

Fluminense busca vitória para diminuir risco de queda

Tricolor carioca oscilou muito no Campeonato Brasileiro e agora se contenta em escapar da Série B

Leonardo Maia, Agência Estado

19 de outubro de 2013 | 07h25

RIO - O Fluminense já almejou título, Copa Libertadores e temeu o rebaixamento. Na oscilação das emoções tricolores, o momento atual indica que a prioridade é zerar a possibilidade de queda. Mesmo no apertado miolo da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, a tropa das Laranjeiras, campeã nacional em duas das últimas três temporadas, já absorveu que este ano será de vacas magras. Contra a Ponte Preta, neste sábado, às 16 horas, pela 30.ª rodada, a equipe inicia uma série crucial para se estabilizar em posição neutra e ter um fim de ano sem sustos.

Serão três jogos seguidos no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Sem viagens, sem desgaste adicional. Mais descanso, melhor preparação, mais tempo com a família. Tudo isso motiva o elenco tricolor a dar um gás extra na tentativa de somar nove pontos, chegar aos 44 e praticamente decretar as últimas seis rodadas como trâmites burocráticos. "Temos de lutar para terminar o campeonato dignamente. Se conseguirmos vencer esses jogos em casa podemos não mais brigar contra o rebaixamento. Sabemos agora que essa é nossa realidade", comentou o zagueiro Gum.

Na série, além da partida deste sábado contra a Ponte Preta, um duelo contra o Vitória, no próximo dia 27, e o clássico com o Flamengo, no dia 3, como visitante, mas também no Rio de Janeiro. Uma sequência dura para um time inconstante, mas que permite o sonho de acabar de vez com qualquer ameaça de Série B. "O ano foi ruim para gente. Foram lesões, transferências e uma série de pequenos problemas que nos levaram a essa situação. Mas vamos buscar uma colocação melhor", prometeu Gum.

O técnico Vanderlei Luxemburgo perdeu mais quatro homens importantes para o jogo deste sábado. O meia Felipe e os atacantes Rafael Sóbis e Rhayner cumprem suspensão automática. O meia Wagner sofreu luxação no ombro esquerdo e é séria dúvida. O jovem Ailton, que jogou na lateral esquerda contra o Cruzeiro, sofreu estiramento na coxa direita e está vetado.

"Ele (Wagner) fez um exame e não foi nada grave. Estava confiante de que pudesse jogar, mas ele sentiu um pouco de dor em alguns exercícios que fez nas Laranjeiras. Vamos esperar até amanhã (sábado) para definir a situação do Wagner", disse Luxemburgo. Por outro lado, o goleiro Diego Cavalieri retoma a meta tricolor depois de ausência para defender a seleção brasileira em amistosos na Ásia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.