Fluminense chega ao México para 'decisão' no Azteca

Equipe carioca precisa vencer jogo contra o América para poder se classificar na Libertadores

AE, Agência Estado

28 de fevereiro de 2011 | 14h45

O Fluminense já chegou ao México, onde realizará, na quarta-feira, o seu jogo mais importante do ano, contra o América, no estádio Azteca. A partida ganhou a condição de decisiva por conta dos empates nos dois primeiros jogos que o Flu fez no grupo 3 da Copa Libertadores. Agora, precisa vencer a qualquer custo se quiser continuar sonhando com a classificação.

"Será um jogo difícil, mas viemos para buscar nossa primeira vitória na Libertadores, respeitando o América, é claro, que tem uma boa equipe. Para nós, não há outro resultado que não seja esse. O grupo está fechado e confiante", afirmou o volante Valencia, no desembarque na Cidade do México.

Quando deixou o Rio de Janeiro, na noite de domingo, o elenco recebeu o apoio de torcedores, que compareceram em bom número ao embarque do grupo tricolor. Entoando cantos de incentivo, a torcida abriu uma faixa com os dizeres "Lutem até o fim", pedindo que o Flu continue sendo o "time de guerreiros" campeão do Brasileirão do ano passado.

O meia-atacante Willians não se mostrou surpreso com a atitude da torcida. "Nós nos acostumamos a essa festa da torcida do Fluminense. Ela está sempre do nosso lado, seja nos bons ou nos maus momentos. Não é a primeira vez que ela nos apoia no aeroporto. Esperamos trazer uma vitória do México para retribuir todo esse carinho", disse o jogador.

Comandado por Muricy Ramalho, o elenco tricolor treina às 16h (horário local - 19h no fuso de Brasília) desta segunda-feira no CT do Pumas. Na terça, às 19h30, faz reconhecimento do gramado do Azteca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa LibertadoresFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.