Twitter/Fluminense
Twitter/Fluminense

Fluminense confirma contratação do atacante Kayke, ex-Bahia

Atacante, de 30 anos, pertence ao Yokohama Marinos, do Japão, mas estava emprestado ao Bahia. Agora, seu vínculo será com o clube carioca, até o fim da temporada

Estadão Conteúdo

16 Agosto 2018 | 21h18

A diretoria do Fluminense confirmou nesta quinta-feira a contratação do atacante Kayke, de 30 anos. O jogador pertence ao Yokohama Marinos, do Japão, mas estava emprestado ao Bahia desde o início do ano. Agora, seu vínculo de empréstimo será com o clube carioca, até o fim da temporada.

"Estou muito empolgado com mais uma oportunidade gigante na minha carreira. Será um privilégio vestir as cores do Fluminense e vamos fazer de tudo para, no final do ano, estarmos comemorando títulos. Em um clube acostumado a ganhar, temos que chegar com esse pensamento. Dentro de campo não vai faltar vontade", afirmou o reforço tricolor.

Kayke estava no Rio de Janeiro desde o início desta semana. E avisa que não terá dificuldade para se adaptar à cidade. "Morei no Rio muitos anos, a minha família é toda daqui. Minha esposa está grávida e nosso segundo filho vai nascer aqui, isso nos deixa muito felizes e é um ponto positivo para que as coisas fluam bem dentro de campo também, em uma adaptação rápida", declarou o jogador.

A chegada do atacante servirá para o time carioca ter um plano B para o atacante Pedro, artilheiro do Brasileirão. Destaque da competição, o jogador já é cotado para reforçar clubes de fora do país, o que preocupa a diretoria e a comissão técnica.

Kayke vai desembarcar no Fluminense com a experiência de ter defendidos clubes da Europa, em países como Portugal, Dinamarca, Noruega e Suécia, e também do Brasil, como Santos e Flamengo. Além disso, teve passagens por Paraná, Atlético-GO e ABC. O reforço será apresentado oficialmente às 15h30 desta sexta-feira.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebol Fluminense Kayke Moreno

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.