Reprodução/Twitter/Fluminense
Reprodução/Twitter/Fluminense

Fluminense contrata Muriel, irmão de Alisson, do goleiro da seleção

Jogador assinou contrato por três temporadas e chega para ser o titular do gol

Redação, Estadão Conteúdo

05 de julho de 2019 | 21h55

O Fluminense anunciou oficialmente, na noite desta sexta-feira, a contratação do goleiro Muriel, que estava no Belenenses, da primeira divisão do futebol português. O jogador de 32 anos, que é irmão mais velho de Alisson, atual titular do gol da seleção brasileira, assinou contrato de três anos e meio com o time carioca.

Por meio de curta nota publicada em seu site, o clube das Laranjeiras também informou que a apresentação do atleta como reforço ocorrerá na próxima semana, quando o elenco tricolor terá mais sete dias para se preparar para o duelo diante do Ceará, no dia 15 de julho, às 20 horas, no Maracanã, pelo fechamento da décima rodada do Brasileirão.

Muriel chegará ao Fluminense inicialmente como opção de banco na equipe comandada por Fernando Diniz. A sua presença servirá para preencher o espaço aberto pela ausência de Rodolfo, flagrado em exame antidoping por suspeita de uso de cocaína. Neste período de busca por um jogador para o lugar do atleta, a diretoria tricolor chegou a tentar a contratação de Walter, do Corinthians, mas não teve sucesso.

Nascido em Novo Hamburgo-RS, Muriel foi formado como jogador pelo Internacional e se profissionalizou pelo clube em 2007. Disputou 200 partidas com a camisa colorada e, neste período em que pertencia à equipe gaúcha, também defendeu por empréstimo o Caxias, a Portuguesa e o Bahia, este último em 2016. No ano seguinte, ele se transferiu para o Belenenses, com o qual participou de 52 jogos.

O goleiro Agenor, atual titular do Fluminense, e Marcos Felipe são os outros dois jogadores da posição à disposição de Fernando Diniz atualmente no elenco tricolor.

Tudo o que sabemos sobre:
FluminensefutebolMuriel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.