Fluminense demite o técnico Paulo César Gusmão

Paulo César Gusmão não é mais técnico do Fluminense. A demissão do treinador foi anunciada pelo coordenador geral do clube, o ex-jogador Branco, em entrevista coletiva na tarde deste domingo.O coordenador de apoio técnico Vinicius Eutrópio assume interinamente o comando da equipe e deve ficar no banco de reservas na próxima quarta-feira quando a equipe tricolor enfrentará o Adesg, do Acre, pela primeira rodada da Copa do Brasil e no domingo, quando o Fluminense fará o clássico contra o Vasco, pela última rodada da Taça Guanabara.Em quatro meses e meio, PC Gusmão disputou 17 partidas como treinador da equipe carioca. Neste período, o time sofreu oito derrotas, empatou seis vezes e ganhou apenas três partidas.Branco lamentou a situação, mas acredita que esta era a melhor saída para o time. "Eu lamento, mas infelizmente futebol é resultado. Agora, vou cobrar também do elenco. O comportamento dos jogadores, principalmente no segundo tempo do jogo contra o América, é inaceitável."

Agencia Estado,

11 de fevereiro de 2007 | 17h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.