Fluminense demite Valdyr Espinosa

O técnico Valdyr Espinosa e seu auxiliar Rivelino Serpa foram demitidos pelo Fluminense. Em nota oficial divulgada na noite desta quinta-feira, o Tricolor informou que os dois não trabalham mais no clube. A saída de Espinosa e Serpa, que é filho do treinador, foi a primeira medida adotada pela diretoria após a eliminação da equipe na Copa do Brasil, quarta-feira, contra o Grêmio. O nome mais cotado para assumir o time é o de Oswaldo de Oliveira.O presidente do Fluminense, David Fischel, passou todo o dia de hoje negando que tomaria qualquer atitude precipitada e supreendeu a todos com o anúncio das duas demissões. Nos próximos dias, também deverá ser anunciada a dispensa de alguns jogadores, por causa do rombo financeiro no clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.