Fluminense derrota o Bangu por 2 a 0

Sem Romário e Edmundo, o Fluminense teve uma atuação convincente, venceu o Bangu por 2 a 0, nesta quarta-feira à noite, em Moça Bonita, e se reabilitou da goleada sofrida para o Vasco no fim de semana. O atacante Marcelo fez os dois gols da partida, ambos em passes precisos de Roger. Com o resultado, o Fluminense passou a somar 7 pontos e manteve a segunda posição no Grupo B da Taça Rio. O Fluminense começou melhor, tentando se impor ao Bangu, que luta para fugir do rebaixamento. Roger e Marcelo já se destacavam com tabelas rápidas e boas jogadas quando aos 3 minutos, o atacante concluiu lançamento perfeito do companheiro para abrir o placar. A vantagem deu tranqüilidade ao Tricolor, que criou várias oportunidades na primeira etapa. Numa delas, o goleiro Elinton evitou novo gol em chute de Alessandro. O Bangu não ameaçava e se limitava a levantar bolas sobre a área, todas interceptadas pela zaga do Fluminense. No segundo tempo, o time da casa melhorou e atacou com mais freqüência, explorando as laterais do campo. Foi a vez de Fernando Henrique aparecer para fazer pelo menos duas grandes defesas. Aos 21, Wellington Monteiro desperdiçou gol incrível, sem marcação, na melhor chance do Bangu. A resposta veio aos 27, num cruzamento de Roger que Marcelo completou de cabeça da pequena área. Com os 2 a 0, o Fluminense passou a tocar a bola e a cadenciar o jogo. O zagueiro Odvan, que estreou no Tricolor, foi um dos mais aplaudidos pela torcida e chegou até a dar passe de calcanhar.

Agencia Estado,

11 de março de 2004 | 00h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.