Fluminense derrota Portuguesa por 3 a 0

O Fluminense derrotou a Portuguesa por 3 a 0 neste sábado à tarde na Ilha do Governador e assumiu a liderança do Grupo B da Taça Rio, com seis pontos. Felipe teve boa atuação e marcou o terceiro gol, de pênalti. Mas pode ter se despedido do clube. Na terça-feira, ele será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, por causa de uma agressão em partida pela Copa do Brasil, e corre o risco de ser suspenso por no mínimo quatro meses.Se a punição for confirmada, o Fluminense deve rescindir o contrato com o atleta. Ele deixou o Luso-Brasileiro cercado por seguranças e não concedeu entrevistas. Felipe foi aplaudido pela torcida tricolor durante toda a partida. Deu passes precisos, dribles desconcertantes e participou dos outros gols. O primeiro, aos 39 da etapa inicial, foi meio por acaso. Gabriel chutou sem ângulo da esquerda, a bola bateu em Marcelo Cardoso, subiu e encobriu o goleiro Brás.Aos 22 do segundo tempo, Rodrigo Tiuí ampliou, de cabeça. Sete minutos depois, Brás fez pênalti em Tiuí e recebeu cartão amarelo. Na cobrança, o goleiro se antecipou e Felipe, apenas caminhando, rolou a bola com precisão para fechar o placar. Depois, deixou o gramado ovacionado, numa manifestação de solidariedade da maior parte dos torcedores. Na última quarta-feira, Felipe desferiu um soco no rosto do jogador Marcos Mendes, do Campinense, num lance isolado. Neste sábado, até evitou divididas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.