Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Fluminense derruba liminar e pode tirar Scarpa do Palmeiras

Atleta entrou na Justiça contra o Fluminense em dezembro para exigir cerca de R$ 9 milhões entre salários atrasados

Daniel Batista, Matheus Lara e Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

15 de março de 2018 | 16h00

O Fluminense obteve nesta quinta-feira uma vitória no Tribunal Regional Trabalho do Rio de Janeiro que pode tirar Gustavo Scarpa do Palmeiras. O clube carioca conseguiu derrubar a liminar que liberava o atleta do vínculo com a equipe das Laranjeiras. A diretoria do time carioca confirma a "vitória" apertada na Justiça por 5 a 4 e diz que "não vai abrir mão de seus direitos".

Fluminense tenta reviravolta contra o Avaí para evitar eliminação precoce

Com a queda da liminar, o Fluminense poderá tentar o retorno do jogador, que acertou com o Palmeiras em janeiro e disputa o Paulistão e a Libertadores. Cabe recurso nessa situação. O Estado apurou que a estafe ds Scarpa vai recorrer da decisão e, por enquanto, o meia não pode atuar, mas continua na equipe alviverde para treinar normalmente. Da sua parte, o Palmeiras ainda não foi comunicado oficialmente da decisão e não pretende se pronunciar sobre o assunto. Pessoas no Palmeiras entendem que processo na Justiça é entre Scarpa e Fluminense.

"A decisão do colegiado reativa o vínculo do jogador com o clube", informa o Fluminense, em nota. "Com isso, o processo volta ao trâmite normal na 70a Vara do TRT. O Fluminense reafirma que lutará até o fim pelos seus direitos."

O jogador entrou na Justiça contra o Fluminense em dezembro para exigir cerca de R$ 9 milhões entre salários atrasados, direitos de imagem e outras pendências. Um mês depois, o jogador conseguiu uma rescisão de contrato na Justiça do Trabalho do Rio e ficou livre para assinar com outro clube. O Palmeiras chegou e o levou para São Paulo. Scarpa ainda disputa posição com Lucas Limas e Guerra.

Depois disso, o meia assinou um vínculo de cinco anos com o Palmeiras e não demorou para ter seu nome publicado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). No novo clube, ele passou a treinar normalmente e agora começa a mostrar serviço. Tanto que no último duelo, com o Ituano, fez dois gols com a camisa alviverde. 

Tudo o que sabemos sobre:
Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.