Divulgação/Fluminense
Divulgação/Fluminense

Fluminense diz que contratação de Fred gerou receita de R$ 800 mil ao clube

Anúncio do jogador se deu em uma ação conjunta com a exibição da partida em que o time conquistou o título do Campeonato Brasileiro de 2012

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2020 | 22h10

O Fluminense apresentou nesta quarta-feira um balanço dos efeitos financeiros para o clube provocados pela contratação de Fred, anunciada pelo clube no último domingo. De acordo com o comunicado divulgado, a confirmação do retorno do ídolo histórico rendeu receita de R$ 800 mil.

O anúncio de Fred se deu em uma ação conjunta com a exibição pela Rede Globo da partida em que o time conquistou o título do Campeonato Brasileiro de 2012. O clube vendeu ingressos solidários para o jogo, com a intenção de pagar salários de funcionários. Além disso, contou com a adesão de novos sócios e a venda de produtos na loja oficial para chegar a esse valor.

De acordo com o Fluminense, foram vendidos 28.080 ingressos simbólicos, mais do que quando foi exibido, pela Bandeirantes, o jogo decisivo do Campeonato Carioca de 1995, o Fla-Flu definido com um gol de barriga de Renato Gaúcho - foram 21 mil bilhetes naquela oportunidade. Desses ingressos, 64% foram comprados por sócios. E a receita com essa iniciativa foi de R$ 220.170,00.

Além disso, o clube contabilizou a adesão de 1.210 sócios em menos de 24 horas. Nas contas da diretoria, esses novos colaboradores vão representar R$ 400 mil anuais para os cofres do Fluminense. Já na sua loja oficial na internet, foram 400 pedidos de compras, alguns com mais de um produto.

O Fluminense também revelou sua audiência nas redes sociais envolvendo a contratação de Fred. A live com a apresentação teve pico de 19.804 visualizações simultâneas e 231 mil visualizações. O vídeo do anúncio da contratação teve 2,5 mil replies, quase 20 mil retweets, mais de 27 mil curtidas e 1,2 milhão de visualizações.

Esta será a segunda passagem de Fred pelo Fluminense, time pelo qual foi campeão brasileiro em 2010 e 2012. Ele saiu da equipe em 2016, voltando ao futebol mineiro, onde atuou por Atlético e Cruzeiro.

Nesse momento, para se apresentar ao clube, Fred viaja de Belo Horizonte ao Rio de bicicleta. Ele iniciou o trajeto na segunda e está previsto para chegar ao CT do Fluminense na sexta-feira. A ação é realizada para arrecadar alimentos que serão doados para famílias carentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.