Fluminense e Botafogo empatam sem gols

Fluminense e Botafogo deixaram o Maracanã sob vaias no primeiro clássico do returno do Campeonato Carioca, a Taça Rio. As duas equipes não passaram de um empate sem gols neste domingo à noite, num jogo movimentado, mas de pouca técnica. O atacante Romário foi mais uma vez peça inútil em campo. Errou passes, perdeu um gol incrível e ficou a maior parte do tempo parado entre os marcadores. Além de sofrer com a nulidade do atacante, o Fluminense sentiu a falta de Edmundo e Roger, contundidos. Para piorar, o meia Ramon, o outro craque do time, jogou muito mal.O Tricolor, porém, apresentou ao público uma jovem revelação. O goleiro Fernando Henrique, ex-seleção brasileira sub-20, se destacou com pelo menos três grandes defesas e foi o melhor em campo. Do outro lado, o goleiro Jefferson também esteve bem e recebeu aplausos da torcida do Botafogo. Ele evitou um gol de Ramon ainda no primeiro tempo, esticando-se todo para espalmar a bola. Na sobra, repetiu o movimento, com grande elasticidade.O Botafogo desperdiçou várias oportunidades, com Almir. Numa delas, o atacante estava diante de Fernando Henrique, sem marcação, e chutou a bola para cima. No segundo tempo, Almir tentou se redimir quando driblou dois adversários e quase fez um belo gol.Embora as duas equipes demonstrassem vontade, a partida deixou a desejar. O fato que mais chamou a atenção foi a má forma física do árbitro Jorge Rabelo. Visivelmente gordo, ele atrapalhou duas jogadas de Fluminense e Botafogo, uma de cada um, quando não conseguiu sair da frente dos atletas que conduziam a bola e funcionou como uma barreira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.