Fluminense e Brasiliense empatam

O Fluminense ficou mais longe da disputa do título do Campeonato Brasileiro, ao empatar por 1 a 1 com o lanterna Brasiliense, nesta segunda-feira à noite, em Volta Redonda. Esse foi um dos 11 jogos remarcados por causa do escândalo na arbitragem e o time carioca acabou levando a pior, pois tinha vencido da outra vez.Assim, o Fluminense chegou aos 56 pontos, mantendo-se em 4º lugar no campeonato. Já o Brasiliense, que teve a estréia do técnico Márcio Bittencourt - substituto do demitido Joel Santana -, segue na lanterna, com 33 pontos.Mesmo fora de casa, o Brasiliense abriu o placar do jogo. Aos 29 minutos, o zagueiro André Turatto acertou cobrança de falta e fez 1 a 0. Já o Fluminense, nervoso em campo, não conseguia levar perigo ao adversário.O empate do Fluminense saiu no segundo tempo. Aos 28 minutos, Petkovic chutou e o goleiro Eduardo não segurou. Aí, no rebote, o volante Marcão deixou tudo igual no placar.Na base da pressão, o Fluminense foi para o ataque nos 15 minutos finais, em busca da vitória. E, por três vezes, jogadores do time carioca caíram na área, em choques normais com defensores do Brasiliense. Os torcedores pediam pênalti e como o árbitro Paulo César Oliveira não marcava, eles gritavam: "Edílson! Edílson! Edílson!" Era uma referência ao árbitro Edílson Pereira de Carvalho, que assumiu manipular resultados do Campeonato Brasileiro e que apitou a partida Fluminense 3 x 0 Brasiliense, uma das 11 que foram anuladas pelo STJD e precisou ser repetida nesta segunda-feira.

Agencia Estado,

24 de outubro de 2005 | 22h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.