Fluminense elimina Vasco nos pênaltis

O Fluminense derrotou o Vasco e o artilheiro Romário realizou sua última partida no Campeonato Carioca, título que conquistou por quatro vezes em 15 participações. Pela semifinal da Taça Rio, a vitória, por 8 a 7, nos pênaltis - no tempo normal houve empate por 1 a 1 - deu ao Tricolor uma vaga na final, nesta sábado à tarde, no Maracanã, e eliminou o time de São Januário. A equipe das Laranjeiras, agora, espera pelo vencedor do confronto entre Volta Redonda e Flamengo, segunda-feira, para realizar a decisão do segundo turno.Apesar da despedida do Carioca, a tendência é a de que Romário, aos 39 anos, prolongue sua carreira até o final de 2005. Além do Vasco ainda estar disputando a Copa do Brasil, o artilheiro já revelou a amigos o desejo de participar de seu último Campeonato Brasileiro pela equipe de São Januário.Na partida, Romário teve uma atuação discreta. Preocupado em reforçar a marcação no meio-de-campo, o Vasco entrou em campo com o tradicional esquema tático 4-4-2 em vez do 4-3-3, sistema utilizado nos últimos jogos da equipe. A mudança na forma de jogar do time vascaíno não surtiu efeito no início do clássico e o Fluminense começou pressionando.Com bom toque de bola e na base da insistência, o Fluminense fez seu primeiro gol, aos 15 minutos. O zagueiro Igor cruzou e o lateral-direito Gabriel, livre de marcação na área adversária, chutou de primeira com precisão: 1 a 0. Gabriel, aliás, foi o melhor jogador em campo na primeira etapa.A resposta do Vasco não tardou: quase empatou aos 20, numa finalização de Romário. Ele recebeu ótimo passe de Alex Dias, chutou da entrada da área e o goleiro Kléber defendeu com os pés - a bola quase passou entre as suas pernas. O Vasco tentava pressionar, mas faltava força ofensiva.Impaciente, a torcida hostilizou o técnico Joel Santana, que optou por voltar a formação ofensiva com três atacantes, que vinha utilizando. O Fluminense tinha mais a posse de bola e era melhor em campo. Após o intervalo, o Vasco voltou melhor ao segundo tempo e, aos 18 minutos, empatou a partida. Depois de uma cobrança de falta pela direita de Claudemir, Marco Brito aproveitou uma confusão na área tricolor e marcou o único gol da equipe de São Januário no tempo normal.A igualdade no placar deu novo ânimo aos vascaínos, que passaram a atacar com maior eficiência. Claudemir cobrou uma falta no travessão. O Fluminense não aceitou o domínio vascaíno e também acertou duas bolas na trave, uma com Tuta, outra com Gabriel.Com o empate no tempo normal, a decisão foi para as cobranças de pênaltis. Juan, Alan, Tuta, Alex, Gabriel, Marcão, Arouca e Radamés converteram para o Fluminense. Marco Brito, Romário, Claudemir, Coutinho, Alex Dias, Fabiano e Rafael fizeram a favor do Vasco. Mas o lateral-esquerdo Jean teve sua cobrança defendida por Kléber, que decretou a eliminação do Vasco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.