Fluminense encara o Atlético-PR em casa e pode assumir a ponta do Brasileirão

Equipe aposta na força do coletivo para superar grande lista de desfalques

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

06 de junho de 2017 | 07h26

Com três vitórias em quatro jogos, o Fluminense recebe o Atlético Paranaense nesta terça-feira, às 20 horas, no estádio do Maracanã, no Rio, podendo terminar a noite na liderança provisória do Campeonato Brasileiro. Mas para vencer a segunda partida consecutiva em apenas três dias, o time do técnico Abel Braga terá que driblar os desfalques. Ao todo, é provável que não possa contar com seis jogadores.

A mais recente baixa é a do volante Orejuela, convocado para a seleção do Equador. Pierre, Sornoza, Gum, Renato Chaves e Wellington Silva, por sua vez, estão lesionados - o atacante tem uma pequena chance de estar no banco de reservas. Para completar, o volante Douglas, substituto natural de Orejuela, não está nas melhores condições físicas e será poupado.

Apesar dos problemas, o discurso é de buscar a vitória diante do Atlético Paranaense, que somou um único ponto nos primeiros quatro jogos. "O importante é somar pontos. Temos um jogo em casa, diante de um rival forte, mas queremos ganhar", disse o atacante Henrique Dourado, que é o artilheiro do Brasileira com seis gols. "É fundamental ganhar em casa no Brasileiro. Vamos estudar o adversário para tentar ganhar".

Sobre o bom momento na temporada, o atacante preferiu enaltecer o trabalho coletivo. "O Fluminense é muito grande para depender de um atleta, por isso não me coloco como diferencial. Quando o coletivo está bem, o individual aparece", ressaltou Henrique Dourado.

Apesar disso, ele não esconde a felicidade por estar conseguindo fazer os gols que têm feito a diferença. No total, dois terços dos gols do Fluminense no Brasileirão vieram do atacante. "Vejo esse momento com bons olhos", afirmou Henrique Dourado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.