Nelson Perez/Divulgação - Fluminense - 30/01/2015
Nelson Perez/Divulgação - Fluminense - 30/01/2015

Fluminense encara o Boavista para se manter com 100% no Carioca

Time tricolor vai tentar manter o bom desempenho diante do Boavista nesta quinta-feira, às 17 horas, em Saquarema

Estadão Conteúdo

12 de fevereiro de 2015 | 07h44

Com três vitórias nos três primeiros jogos do Campeonato Carioca, o Fluminense acredita que vai aumentar a pressão das outras equipes para atrapalhar a sua campanha 100% da equipe na competição. O time tricolor vai tentar manter o bom desempenho diante do Boavista nesta quinta-feira, às 17 horas, em Saquarema, pela quarta rodada.

"Não temos o que reclamar de estar nessa posição, estamos adorando ocupar a liderança", comemorou o técnico Cristóvão Borges - o time, porém, acabaria perdendo provisoriamente a ponta depois dos jogos desta quarta-feira. "Claro que sabemos que viramos alvo por conta disso. O desejo de todos agora é bater no Fluminense. Por isso temos que estar bem preparados para as dificuldades, que vão aumentar a cada partida".

Conforme indicou nos últimos treinamentos, Cristóvão Borges deve fazer duas mudanças na equipe. É provável que o zagueiro Guilherme Mattis assuma a vaga de Victor Oliveira e o apoiador Robert ganhe a posição de Vinícius. Robert foi autor de um dos gols da vitória sobre o Bangu na última rodada.

"O Mattis jogou a temporada passada, está mais entrosado, sabe a maneira que jogamos. Isso facilita. O Robert entrou bem, tem boa mobilidade. Cada um dá sua contribuição e daqui a pouco conseguimos casar tudo e as coisas ficam mais fáceis", avaliou Cristóvão Borges.

Por enquanto, o time segue sem poder contar com o meia Wagner e com o lateral-direito Renato, ambos se recuperando de contusão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato CariocaFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.