Nelson Perez/Divulgação
Nelson Perez/Divulgação

Fluminense encara o Resende fora para tentar entrar no G-4

Após duas derrotas seguidas, equipe entra em campo pressionada

Estadão Conteúdo

01 Março 2015 | 09h01

Sob pressão, o Fluminense precisa vencer o Resende neste domingo, às 18h30, em Volta Redonda, para que o técnico Cristóvão Borges continue seu trabalho visando as fases finais do Campeonato Carioca e a preparação do time para o Campeonato Brasileiro. O Flu chega à sétima rodada fora da zona de classificação para as semifinais. Vem de duas derrotas - contra Volta Redonda e Vasco - e um novo tropeço pode provocar um turbilhão nas Laranjeiras.

Cristóvão sabe da importância de uma vitória para melhorar o ambiente no clube. O que mais irritou os tricolores não foi nem a derrota em si para o Vasco, mas a forma como a equipe atuou - apática e displicente. "Por conta das duas derrotas, esse jogo se tornou muito importante. Precisamos voltar a ganhar. O nosso objetivo é vencer para acabar com essa série negativa", disse. Ele não se negou a falar sobre a cobrança por bons resultados. "Isso é uma constante, vivemos sempre com essa obrigação por vitórias. Estamos fora do G4. Para resolver isso, só vencendo."

Ele vai fazer algumas mudanças na equipe. Gerson e Kenedy, formados no clube, substituem Edson e Rafinha, respectivamente. O meia Wagner, que renovou contrato e se recuperou de torção no tornozelo, volta à equipe na vaga de Marlone.

Já no Resende, o técnico Edson Souza acredita que possa surpreender. "Quem acompanha os nossos jogos sabe que a nossa equipe vem bem, mas precisamos traduzir isso em vitórias. O Fluminense não vive um bom momento dentro do campeonato, mas o Resende precisa ainda mais da vitória. Vamos jogar com inteligência e tentar conquistar o resultado que nos interessa", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.