Fluminense enfrenta o América de olho na semifinal

Vitória diante do lanterna do grupo e tropeço do Macaé garantem vaga ao time do técnico Renato Gaúcho

05 de fevereiro de 2008 | 20h41

Time carioca que mais investiu em reforços em 2008, o Fluminense perdeu pontos preciosos para Boavista e Macaé, mas pode garantir nesta quarta-feira classificação para as semifinais da Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca) com uma rodada de antecedência. Basta derrotar o lanterna América, às 21h45, no Maracanã, e torcer para que o Macaé não vença o Cardoso Moreira fora de casa, em partida que começa às 16 horas. "O Fluminense, antes da última rodada, vai estar na semifinal. Eu garanto", apostou o técnico Renato Gaúcho, que considerou proveitosa as duas derrapagens da equipe tricolor na Taça Guanabara. "Qualquer tropeço é bom para abrir os olhos e não errar na hora H."  Fluminense Diego (Fernando Henrique); Gabriel, Thiago Silva, Roger e Junior César; Ygor, Arouca e Conca (Cícero); Leandro Amaral, Dodô e Washington Técnico: Renato Gaúcho  América Fábio Carvalho; Bruno Carvalho, Marcio Abraão, Cléberson e Maciel; Válber, Messias, Everton e Léo Maringá; Eraldo e Lourival Técnico: Gaúcho Árbitro: Wagner do Nascimento MagalhãesEstádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)Horário: 21h45 Renato Gaúcho não abre mão de suas convicções e vai manter o trio de ouro (Dodô, Leandro Amaral e Washington) contra o América. "Nem todos os jogos eu vou usar os três atacantes e eles sabem disso. Posso ganhar a Taça Guanabara e mudar o esquema na Libertadores".Em sua visão, o Fluminense tem sofrido gols por erros próprios e não por culpa exclusiva do esquema ofensivo. "Para a gente, um a zero é goleada", afirmou. "Às vezes, a goleada esconde os erros e o tropeço, na hora certa, serve para ajustar o time". Sem Thiago Neves, que vai defender a seleção brasileira no amistoso desta quarta contra a Irlanda, Renato Gaúcho provavelmente optará pela entrada do argentino Conca.

Tudo o que sabemos sobre:
Estadual do Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.