Mailson Santana/Fluminense
Mailson Santana/Fluminense

Fluminense enfrenta Portuguesa-RJ para embalar no início de temporada

Time treinado por Fernando Diniz busca confirmar que pode fazer frente aos rivais mais fortes no Campeonato Carioca

Redação, Estadão Conteúdo

27 de janeiro de 2019 | 13h34

Empolgado pela vitória conquistada nesta quinta-feira, por 4 a 0 contra o Americano, o Fluminense vai voltar a campo pelo Campeonato Carioca às 17 horas deste domingo, diante da Portuguesa da Ilha do Governador, no Maracanã. Apesar da temporada ainda não ter passado do primeiro mês, o time treinado por Fernando Diniz busca confirmar que pode fazer frente aos rivais mais fortes.

O técnico foi a principal contratação da diretoria do Fluminense, que aposta em um modelo de jogo diferente para 2019. A ideia é que a equipe consiga manter a posse de bola durante a maior parte das partidas, filosofia vista quando o técnico esteve à frente de Audax e Athletico Paranaense.

Até o momento, pelas duas primeiras rodadas da Taça Guanabara, o Fluminense conquistou uma vitória, empatou uma vez, marcou cinco gols e sofreu um. Apesar de Volta Redonda e Americano não refletirem a competição que a equipe vai encarar no restante da temporada, o início dá ânimo.

"O trabalho está sendo aperfeiçoado cada vez mais para que fique da forma que o professor quer", afirmou o atacante Everaldo, que chegou ao clube na última temporada e foi aprovado pela torcida.

Os contratados Yony González, Matheus Ferraz, Bruno Silva e Ezequiel já se encaixaram no time titular e devem ser mantidos, enquanto Caio Henrique espera por uma oportunidade. Apenas com o desfalque do zagueiro Digão para escalar o time, Diniz deve manter contra a Portuguesa a base do Fluminense que goleou o Americano.

Com apenas um ponto somado em dois jogos, a Portuguesa ainda não foi às redes na Taça Guanabara. Mas a maior preocupação do técnico João Carlos Ângelo está no meio-campo, pois Muniz foi desfalque por lesão contra o Madureira e ainda não sabe se poderá retornar ao time no duelo marcado para o Maracanã.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.