Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Fluminense estende período de treinos por videoconferência até o fim de maio

Chamada de intertemporada virtual, fase agora está mantida ao menos até o fim deste mês

Redação, Estadão Conteúdo

18 de maio de 2020 | 15h30

O Fluminense comunicou nesta segunda-feira que o período de treinos dos jogadores em suas residências, definido pelo clube como "interemporada virtual", foi prorrogado até o fim de maio. A medida se deve ao surto de coronavírus no Rio e no Brasil.

O elenco do Fluminense vem realizando trabalhos de modo remoto, com os atletas seguindo um cronograma de atividades programada pela comissão técnica, fisiologistas e preparadores físicos. Eles são orientados e fazem os trabalhos por videoconferência. Essa rotina tem sido adotada desde o encerramento das férias, no fim de abril.

"O Fluminense Football Club informa que estenderá a inter temporada virtual dos atletas do Departamento de Futebol Profissional até o dia 31 de maio. Durante esse período, o elenco seguirá com o programa de treinamentos remotos montado pela comissão técnica", disse o clube, através de um comunicado oficial.

Nas últimas semanas, o Fluminense tem se posicionado contrariamente à retomada antecipada das atividades nos centros de treinamentos e também das competições. O clube, inclusive e junto com o Botafogo, se recusou a assinar documento com os demais participantes do Campeonato Carioca e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro em defesa da volta do torneio.

O Fluminense não entra em campo desde 15 de março, quando derrotou o Vasco por 2 a 0 pela Taça Rio, resultado que o deixou na liderança do Grupo B do segundo turno do Carioca, com nove pontos em três jogos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminensecoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.