Lucas Merçon/ Fluminense FC
Lucas Merçon/ Fluminense FC

Fluminense faz confronto direto com o Santos no Maracanã por vaga no G-4

Equipe das Laranjeiras deve contar com Fred e Wellington Silva no comando do ataque

Redação, Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2020 | 13h20

O Fluminense vem derrapando toda vez que tem oportunidade de entrar no G4 do Brasileirão. Neste domingo, às 16 horas, no Maracanã, os comandados de Odair Hellmann fazem confronto direto com o Santos e um triunfo coloca a equipe na quarta posição.

Na sexta colocação, com 26 pontos, o Fluminense tem um ponto a menos que o Santos. Como o São Paulo não joga pela competição no fim de semana, ganhando os cariocas se firmam na quarta colocação.

Depois de dois empates com sentimentos distintivos, o plano de Odair Hellmann é não falhar novamente. Contra o Atlético-MG, no Mineirão, sua equipe comemorou segurar o então líder e até com chances para vencer.

Já na rodada passada, buscar o 2 a 2 no último lance com o Ceará foi considerado um péssimo placar. Ninguém imaginava aquele tropeço inesperado. Recuperar os pontos e voltar à trilha das vitórias se tornou necessidade.

Hellmann tem reforços importantes para chegar ao sétimo jogo sem derrotas. O atacante Wellington Silva está recuperado de lesão e deve formar dupla com Fred. Luiz Fernando foi para a seleção sub-20. No meio, para auxiliar Nenê, o uruguaio Michel Araújo também retorna após período machucado.

Titular no começo da temporada, mas fora há nove rodadas, Yago Felipe está à disposição. Mas como homens de marcação precisam de um melhor ritmo, deve ser opção no banco de reservas. Digão cumpre suspensão na defesa. Abre espaço para Luccas Claro ser reconduzido ao time titular.

Depois de passar sufoco nas últimas temporadas, sempre lutando na parte de baixo da tabela, o elenco do Fluminense está fechado para buscar, ao menos, uma vaga na Libertadores de 2021. E nem pensa em falhar num "jogo de seis pontos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.