Fluminense faz inauguração simbólica do CT em seu aniversário de 114 anos

Tricolor visita novo Centro de Treinamento, ainda no estágio final de construção

Estadão Conteúdo

21 de julho de 2016 | 19h42

O Fluminense aproveitou a comemoração do aniversário de 114 anos nesta quinta-feira para inaugurar simbolicamente o seu novo Centro de Treinamento, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. Foi também a primeira visita do elenco às futuras instalações do clube.

Os jogadores permaneceram por cerca de uma hora no local e puderam conferir a reta final das obras, os campos de futebol, vestiário, área de lazer, rouparia... A expectativa é que façam o primeiro treino no novo espaço daqui 15 dias.

O terreno de 39,3 mil metros quadrados foi cedido pela prefeitura pelos próximos 100 anos. O Fluminense, segundo o vice-presidente de projetos especiais, Pedro Antonio, investiu cerca de R$ 30 milhões. "Tudo que está sendo feito aqui custou um Kenedy. Ele foi vendido (ao Chelsea) por US$ 10 milhões (cerca de R$ 32 milhões)", informou.

O Centro de Treinamento é dividido por setores. Dos quatro, três serão entregues nas próximas semanas. O setor 1 conta com lavanderia, garagem e depósito para materiais. O 2 e o 3, os dois campos de futebol (haverá um terceiro futuramente), vestiários, departamento médico, fisioterapia, musculação, piscinas e recuperação dos atletas.

O setor 4, que vai demorar mais tempo para ser finalizado, é um prédio de seis andares, que servirá de hotel e ainda abrigará a parte administrativa, a sala de imprensa e o refeitório.

LARANJEIRAS

Antes de conhecer o novo CT, os jogadores do Fluminense treinaram nas Laranjeiras, de olho no duelo contra o Atlético Paranaense, neste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Levir Culpi testou apenas uma mudança em relação à vitória sobre o Cruzeiro por 2 a 0 na última rodada. O lateral-direito Wellington Silva, que cumpriu suspensão, retoma a vaga de Jonathan.

Tudo o que sabemos sobre:
FluminenseLevir CulpiFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.