Javier Calvelo/Reuters
Javier Calvelo/Reuters

Fluminense ganha de novo do Defensor e pega Cuenca na Sul-Americana

O atacante Pedro fez o único gol da partida, disputada no Estádio Luís Franzini, no Uruguai

Estadao Conteudo

17 Agosto 2018 | 00h06

O Fluminense confirmou a classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana na noite desta quinta-feira ao derrotar o Defensor por 1 a 0 em pleno Estádio Luís Franzini, no Uruguai. No Maracanã, a equipe do técnico Marcelo Oliveira havia vencido por 2 a 0, com direito a gol olímpico de Sornoza.

O time carioca já sabe quem irá encontrar nas oitavas. O desafio será diante do Deportivo Cuenca, do Equador, que eliminou o Jorge Wilstermann, da Bolívia, nos pênaltis, após dois empates por 2 a 2.

De volta ao sistema com três zagueiros, o time carioca fez um primeiro tempo seguro e pouco foi ameaçado pelo Defensor. O Fluminense abriu os laterais, administrou o resultado e deu o cartão de boas-vindas aos quatro minutos. Ayrton Lucas cruzou, Pedro ajeitou para Matheus Alessandro e o atacante chutou para defesa de Reyes.

Mesmo com uma grande vantagem conquistada no jogo de ida, o Fluminense continuou melhor. Em cobrança de escanteio de Ayrton Lucas, o zagueiro Gum mandou no travessão. O Defensor tentou responder, mas faltou recurso para o time uruguaio pressionar.

Quem desequilibrou foi Pedro. Cotado na lista de convocados de Tite, o atacante abusou dos lances de mais habilidade, levando ao delírio os poucos torcedores do Fluminense presentes no estádio. Após o apito final, uma confusão generalizada ameaçou tomar conta do jogo, mas foi logo contida.

No segundo tempo, o Defensor saiu do jogo e enfim colocou Júlio César para trabalhar. Aos oito minutos, Rabuñal pegou na entrada da área e chutou para defesa do goleiro tricolor.

O Fluminense caiu de produção e deu cada vez mais espaço para o Defensor, que encontrou Júlio César em uma noite iluminada. O goleiro salvou o time carioca com uma bela defesa no arremate de López.

No fim, brilhou a estrela de Pedro aos 32 minutos. Gilberto ficou com a bola na entrada da área e acionou o atacante, que deu por cobertura de Reyes para confirmar a vitória e a classificação do clube carioca.

No final do jogo, Pedro falou sobre sua chance de ser chamado por Tite para a seleção brasileira nesta sexta-feira. "Vou tentar dormir, mas estou ansioso para atingir este objetivo" disse o atacante, artilheiro do time na temporada, com 19 gols.

FICHA TÉCNICA:

DEFENSOR 0 x 1 FLUMINENSE

DEFENSOR - Reyes; Maulella, Nicolás Correa e Goñi (Germán Rivero); Rabuñal, Cardacio, Mathías Suáres, Martín Correa (Cristóbal) e Pablo López; Piquerez (Boselli) e Navarro. Técnico: Eduardo Acevedo.

FLUMINENSE - Júlio César; Ibañez, Gum e Digão; Gilberto, Airton (Richard), Jadson (Mateus Norton), Sornoza e Ayrton Lucas; Pedro e Matheus Alessandro (Everaldo). Técnico: Marcelo Oliveira.

GOL - Pedro, aos 32 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Cardacio, Mathías Correa, Germán Rivero e Nicolás Correa (Defensor); Airton, Ayrton Lucas e Matheus Alessandro (Fluminense).

ÁRBITRO - Roberto Tobar (CHI).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Luiz Franzini, em Montevidéu, no Uruguai.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa Sul-americana Fluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.