Fluminense ganha fácil do Madureira: 3 a 1

Sem muito esforço, o Fluminense se impôs e derrotou com facilidade o Madureira por 3 a 1, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Com a vitória, o time manteve-se na segunda posição do Grupo A da Taça Rio, com 16 pontos - o Flamengo está com a mesma pontuação, mas leva vantagem no saldo de gols.

SÍLVIO BARSETTI, Agencia Estado

24 de março de 2010 | 22h09

Flamengo e Fluminense já estão praticamente classificados para as semifinais da Taça Rio. Só perdem a vaga se houver uma combinação incrível de resultados nas duas rodadas finais do segundo turno do Campeonato Carioca.

No jogo desta quarta-feira, o Madureira não ofereceu resistência. O time não corre risco de rebaixamento, não tem possibilidade de se classificar para a semifinal da Taça Rio, pelo Grupo B, e já entrou na competição com uma vaga garantida à Série D do Campeonato Brasileiro deste ano, direito adquirido por ter sido em 2009 vice-campeão da Copa Rio, um torneio disputado pelos clubes de menor investimento do Estado.

A superioridade do Fluminense ficou mais evidente logo aos dois minutos, quando Mariano aproveitou um passe de Alan e chutou cruzado para abrir o placar. Logo depois, André Lima confirmou mais uma vez que tem sido um substituto à altura de Fred, contundido. O atacante concluiu boa jogada de Conca e fez 2 a 0. O próprio Conca marcou o terceiro do Fluminense ainda no primeiro tempo, em cobrança de pênalti, sofrido por André Lima.

Num chute de longe, após se livrar de Diguinho e Mariano, o meia Bruno fez um belo gol e deixou para trás a goleada que se desenhava a favor do Fluminense. Eram 13 minutos do segundo tempo e o Madureira atuava com um a menos - Edinho tinha sido expulso. Depois, o jogo ficou aberto e os goleiros se destacaram até o apito final, garantindo o resultado de 3 a 1.

FICHA TÉCNICA:

Madureira 1 x 3 Fluminense

Madureira - Márcio; Valdir, Artur e Edinho; Baiano (Zeca), Vitor Silva, Caio, Bruno e Jeffinho (Raphael); Fábio e Obina (Michel). Técnico - Antonio Carlos Roy.

Fluminense - Rafael; Gum, Cássio (Equi Gonzalez) e Leandro Euzébio; Mariano, Diguinho, Everton, Conca e Júlio César; André Lima e Alan (Wellington Silva). Técnico - Cuca.

Gols - Mariano, aos 2, André Lima, aos 16, e Conca (pênalti), aos 44 minutos do primeiro tempo; Bruno, aos 13 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Eduardo Cordeiro.

Cartão amarelo - Edinho, André Lima, Vitor Silva e Conca.

Cartão vermelho - Edinho.

Renda - R$ 18.900,00.

Público - 830 pagantes.

Local - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.