Marcos Arcoverde/AE
Marcos Arcoverde/AE

Fluminense ganha por 3 a 1 do Libertad e abre boa vantagem

Nem uma hora de atraso por falta de luz atrapalha o time tricolor, na ida da Libertadores

AE, Agência Estado

29 de abril de 2011 | 00h50

RIO - Num jogo que começou com mais de 1 hora de atraso por causa da falta de energia elétrica no estádio, o Fluminense derrotou o Libertad por 3 a 1, na noite desta quinta-feira, no Engenhão, no Rio. Assim, o time carioca pode até perder por um gol de diferença na próxima quarta, em Assunção, no Paraguai, para conseguir a vaga nas quartas de final da Copa Libertadores.

O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, foi ao Engenhão nesta quinta-feira para observar os jogadores do Fluminense. Mas, por causa do apagão, teve que esperar um pouco mais de 1 hora para ver a bola rolando. O atraso no início do jogo diminuiu a empolgação da torcida que lotou o estádio. O time carioca, no entanto, entrou em campo ligado.

Assim, quando o jogo finalmente começou, o Fluminense conseguiu abrir o placar logo aos três minutos. Em uma cobrança de escanteio, o zagueiro Edinho desviou a bola para trás e encontrou o atacante Rafael Moura livre para cabecear: 1 a 0. Depois do susto inicial, o Libertad conseguiu equilibrar a partida, levando algum perigo ao goleiro Ricardo Berna.

Mas foi o Fluminense quem teve as melhores chances no primeiro tempo, principalmente com o atacante Fred. Nos minutos finais, porém, o time carioca perdeu o lateral-esquerdo Júlio César, que sofreu uma contusão e pediu para sair, sendo substituído pelo volante Fernando Bob, o que atrapalhou um pouco o esquema tático do técnico Enderson Moreira.

Na segunda etapa, o Fluminense diminuiu o ritmo. E o Libertad passou a pressionar em busca do empate, o que acabou conseguindo aos 15 minutos. Num lançamento na área, o goleiro Ricardo Berna saiu mal e Gamarra aproveitou para marcar o gol de cabeça. O time carioca tentou reagir aos 18, mas Vargas fez uma grande defesa na cabeçada de Valencia.

Precisando da vitória, Enderson Moreira tirou Fernando Bob, que tinha entrado no final do primeiro tempo, para colocar o atacante Araújo. Logo depois, o meia Marquinho fez linda jogada individual e chutou forte, fazendo o segundo gol do Fluminense aos 27 minutos. Aí, foi a vez de Conca brilhar em cobrança de falta aos 29, definindo a vitória de 3 a 1.

FLUMINENSE - 3 - Ricardo Berna; Mariano, Gum, Edinho e Júlio César (Fernando Bob e depois Araújo); Valencia, Diguinho, Marquinho e Conca; Rafael Moura (Diogo) e Fred. Técnico: Enderson Moreira.

LIBERTAD - 1 - Vargas; Bonet, Portocarrero, Canuto e Samudio; Ayala, Gamarra, Cáceres e Rojas (Moreira); Núñez (Maciel) e Pavlovich (Orué). Técnico: Gregorio Pérez.

Gols - Rafael Moura, aos três minutos do primeiro tempo; Gamarra, aos 15, Marquinho, aos 27, e Conca, aos 29 minutos do segundo tempo; Árbitro - Sergio Pezzotta (ARG); Cartões amarelos - Cáceres, Ayala, Gamarra, Marquinho e Conca; Renda e público - Não disponíveis; Local - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - GOLS - 1x0 | 1x1 | 2x1 | 3x1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.