Fluminense goleia Cabofriense

O atacante Agnaldo, do Fluminense, marcou dois gols na goleada sobre o Cabofriense, por 5 a 0, nesta quarta-feira à noite, no Caio Martins, e passou a dividir com Edílson, do Flamengo, a artilharia do Campeonato Carioca, com oito gols. O Tricolor voltou a ter um bom desempenho na competição, depois de algumas atuações irregulares nas últimas partidas. A equipe somou nove pontos e assumiu a segunda colocação do Campeonato Carioca atrás do Americano, com 12. O massacre tricolor começou aos 39 segundos do primeiro tempo, quando o zagueiro Braga colocou a mão na bola e o juiz José Roberto Souza marcou pênalti. Agnaldo cobrou e inaugurou o marcador, aos dois minutos.A derrota parcial obrigou o Cabofriense, que promoveu a estréia do técnico Carlos Alberto Torres, tri-campeão mundial em 1970, jogar ofensivamente. O time ainda chegou a desperdiçar algumas oportunidades com o lateral-direito Isael e o atacante Reginaldo Pingüim.O meia Yan, que não vinha tendo uma boa atuação, aproveitou um cruzamento do atacante Marco Brito e, aos 30 minutos, fez o segundo gol Tricolor. Em uma falha do lateral-esquerdo Pintinho, Agnaldo roubou a bola e ampliou a vantagem para o Fluminense, aos 34 minutos. Com uma torção no tornozelo esquerdo, o lateral-direito do Tricolor, Paulo César, foi substituído por Jean Carlo.Apesar da vantagem no marcador, o Fluminense continuou imprimindo seu ritmo no segundo tempo e, aos dez minutos, em uma cobrança de falta, Yan voltou a marcar e fez o quarto do Tricolor. Aos 46 minutos, o atacante Magno Alves, que substituiu Marco Brito, recebeu um passe de Agnaldo e chutou forte fechando o marcador. O Cabofriense ainda tentou reagir, mas não conseguiu superar o bloqueio defensivo do Fluminense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.