Divulgação
Divulgação

Fluminense goleia e vai à final contra Botafogo

Rivais farão a decisão da Taça Rio

TIAGO ROGERO, Agência Estado

28 de abril de 2013 | 18h13

RIO - O Fluminense jogou muito bem e goleou o Volta Redonda por 4 a 1, neste domingo, pela semifinal da Taça Rio. Assim, se classificou para enfrentar no próximo domingo o Botafogo, que tem a vantagem do empate, em jogo único pela decisão do segundo turno do Campeonato Carioca. Antes, porém, terá na quinta-feira a primeira partida das oitavas de final da Libertadores, contra o Emelec, no Equador.

Ainda sem Deco e Fred, ambos com problemas físicos, o Fluminense teve Thiago Neves de volta. Com a ótima fase de Rhayner e ainda sem ritmo de jogo, o meia ficou no banco, mas entrou na segunda etapa e marcou o mais lindo gol do jogo. Rafael Sóbis também foi destaque: balançou a rede duas vezes. O outro gol da goleada no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, foi marcado por Wellington Nem.

"O gol vai me dar confiança para treinar e jogar. Mas vou continuar trabalhando porque ainda estou longe do ideal", disse Thiago Neves, que afirmou ainda não estar "100% fisicamente". O jogo deste domingo no Estádio Raulino de Oliveira teve 7.080 presentes - mas só 3.983 foram pagantes.

O JOGO

O Fluminense fez um ótimo primeiro tempo. Marcou dois gols, mas teria sido mais, não fossem três bolas na trave. Depois de uma primeira chance com Jean, no comecinho do jogo, Rafael Sóbis abriu o placar aos 12 minutos. Ao receber bom passe de Jean dentro da área, o atacante cortou o zagueiro e bateu forte de esquerda, no ângulo.

Mas a festa da torcida durou pouco: dois minutos depois, veio o empate do Volta Redonda. Após falha de Edinho, Zé Augusto bateu cruzado, rasteiro, a bola passou sob os braços de Diego Cavalieri e entrou. O Fluminense não se abateu. Pelo contrário, melhorou. Aos 20 minutos, Rafael Sóbis acertou o travessão. Aos 31, Wellington Nem colocou o time novamente em vantagem, após receber ótimo cruzamento do lateral Carlinhos. Ainda deu tempo de colocar outras duas bolas na trave, ambas de cabeça, com Carlinhos aos 40 e com Rhayner aos 43.

O começo da segunda etapa foi muito movimentado. Logo aos 6 minutos, Rafael Sóbis ampliou. Depois de cruzamento rasteiro de Rhayner, o goleiro Gatti não segurou a bola, que sobrou para o atacante marcar seu segundo gol no jogo. Em contra-ataques, o Volta Redonda assustou, mas Diego Cavalieri, sempre seguro, fez boas defesas. Do outro lado, goleiro Gatti também salvou em chance de Wellington Nem aos 17 minutos. Mas Frontini voltou a ameaçar o Fluminense numa bola que bateu na trave aos 28.

O melhor da segunda etapa, porém, ficou para os 32 minutos. Thiago Neves, recuperado de contusão, havia entrado segundos antes em lugar de Wellington Nem e recebeu passe de Wagner, fora da área. O meia mandou uma "cavadinha" e encobriu Gatti, mandando no ângulo: 4 a 1 para o Fluminense.

FLUMINENSE 4 X 1 VOLTA REDONDA

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno, Digão, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean e Wagner (Samuel); Wellington Nem (Thiago Neves), Rhayner (Felipe) e Rafael Sóbis. Técnico: Abel Braga.

VOLTA REDONDA - Gatti; Marquinhos (Léo Andrade), Leonardo Luiz, André Alves e Edu Pina; Bruno Barra, Adriano Felício, Fernando (Rafael Granja) e Zé Augusto; Sassá e Josiel (Frontini). Técnico: Cairo Lima.

GOLS - Rafael Sóbis, aos 12, Zé Augusto, aos 14, e Wellington Nem, aos 30 minutos do primeiro tempo; Rafael Sóbis, aos 6, e Thiago Neves, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

CARTÃO AMARELO - Rhayner (Fluminense); Edu Pina e Fontini (Volta Redonda).

RENDA - R$ 110.175,00.

PÚBLICO - 3.983 pagantes.

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.