Tasso Marcelo/AE
Tasso Marcelo/AE

Fluminense goleia o Ceará por 4 a 0 e se reabilita no Campeonato Brasileiro

Equipe de Abel Braga agora soma 18 pontos; Rafael Sóbis joga bem e marca um gol

AE, Agência Estado

31 de julho de 2011 | 18h11

RIO - Altos e baixos têm marcado a campanha do Fluminense no Campeonato Brasileiro. Depois de uma queda (derrota para o Atlético-MG) no meio de semana, neste domingo foi dia de nova ascensão. No Engenhão, o time tricolor goleou o Ceará por 4 a 0 e fez a festa da torcida. O rival jogou toda a segunda etapa com um homem a menos.

Destaque para Souza, que contribuiu com duas assistências e um gol. Fred e Rafael Sóbis acrescentaram seus primeiros gols na campanha e Rafael Moura deixou o banco para fechar o marcador. "Foi um bom início (para a parceria com o Fred). Estamos em busca de um melhor ritmo", disse Sóbis.

O Fluminense foi a 18 pontos e subiu para o oitavo lugar, ainda a 10 pontos do líder Corinthians. O Ceará cai para décimo, com os mesmos 18 pontos.

Depois de um jogo muito ruim contra o Atético-MG, quando foi derrota por 1 a 0, os cariocas voltaram a protagonizar um primeiro tempo muito ruim neste domingo. Pouco ajudava o sofrível gramado do Engenhão, já criticado na véspera pelos jogadores do Flamengo. Mesmo com o futebol ruim, houve momentos importantes no primeiro tempo. Aos 12, lance duvidoso. Marcelo Nicácio marcou de cabeça, mas o gol foi invalidado por impedimento.

Aos 22, Osvaldo perdeu um gol indesculpável. Roubou a bola de Edinho e ficou frente a frente com Diego Cavalieri sem ninguém a lhe importunar: chutou para fora. O castigo foi pago aos 35. Souza cobrou falta da esquerda e encontrou Fred na pequena área, para escorar de cabeça e abrir o marcador.

Aos 46, Heleno deu um golpe de caratê em Fred e foi merecidamente expulso, deixando as coisas a meio caminho andado para os anfitriões.

A vitória foi basicamente selada logo aos três do segundo tempo. Carlinhos fez boa jogada pela esquerda e chutou para o meio da área. Diego Sacoman cortou mal e Souza completou para as redes.

O resto foi um passeio no parque em tarde de domingo para o Fluminense. Sem forçar e sem precisar de demonstração brilhante, chegou facilmente à goleada. Aos 18, Fred e Sóbis fizeram bonita tabela e o último acertou bom chute no canto esquerdo de Diego. Osvaldo ainda acertou a trave de Cavalieri em forte chute, mas foi apenas um suspiro.

Aos 32, Souza cobrou outra falta com precisão e Rafael Moura mostrou sua especialidade. Com um leve desvio de cabeça, matou Diego e selou o placar: 4 a 0.

Fluminense - 4 - Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Edinho, Fernando Bob, Souza (Wallace) e Marquinho (Julio Cesar); Rafael Sóbis (Rafael Moura) e Fred. Técnico - Abel Braga.

Ceará - 0 - Diego; Boiadeiro (Patrick), Fabrício, Diego Sacoman e Vicente; João Marcos, Heleno, Michel e Enrico (Rudnei); Osvaldo e Marcelo Nicácio (Felipe Azevedo). Técnico - Vagner Mancini.

Gols - Fred, aos 35 do primeiro tempo. Souza, aos 3, Rafael Sóbis, aos 18, e Rafael Moura, aos 32 do segundo tempo. Árbitro - Wagner Reway (MT). Cartões amarelos - Márcio Rosário, Carlinhos. Diego Sacoman, João Marcos. Cartão vermelho - Heleno. Renda e público - Não disponíveis. Local - Engenhão, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.