Fluminense goleia São Paulo e assume liderança

O Fluminense é o novo líder do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time carioca ganhou do São Paulo por 4 a 1, na Arena Barueri, pela antepenúltima rodada, e se beneficiou do empate do Corinthians com o Vitória, por 1 a 1. Assim, chegou aos 65 pontos e deixou o time paulista com 64, na vice-liderança.

TERCIO DAVID, Agência Estado

21 de novembro de 2010 | 19h41

Para obter o importante triunfo, o Fluminense contou com as expulsões de Xandão e Richarlyson no segundo tempo, quando o jogo ainda estava empatado por 1 a 1. Conca também teve grande atuação e marcou dois bonitos gols.

Os resultados deste domingo ainda asseguraram Fluminense e Corinthians na próxima edição da Copa Libertadores. Agora, a equipe carioca tenta manter a liderança contra o Palmeiras, no próximo domingo. E o São Paulo, já sem chances de Libertadores, encara o Atlético-GO no mesmo dia.

Motivado, o Fluminense começou pressionando e chegou até a marcar antes dos 10 minutos, após chute de Mariano, que Rogério Ceni espalmou para o impedido Washington completar. No entanto, o árbitro Heber Roberto Lopes anulou acertadamente.

Já praticamente sem aspirações no campeonato, o São Paulo apenas se defendeu na primeira parte do jogo. O primeiro chute aconteceu apenas aos 18 minutos, na finalização fraca de Lucas, que parou nas mãos de Ricardo Berna.

Após a pressão inicial, o Fluminense diminuiu um pouco o ritmo, mas mesmo assim abriu o placar aos 34, quando Conca bateu escanteio da direita e Gum cabeceou firme no meio da área. Rogério ainda tentou, mas não evitou o gol.

Depois do início apático, o São Paulo acordou após ficar em desvantagem. Lucas Gaúcho quase empatou aos 37, de cabeça, mas Fernando Berna fez grande defesa e evitou o empate. O jogo ficou ainda mais movimentado na etapa final. Logo aos oito minutos, Washington recebeu sozinho cruzamento dentro da área, mas bateu por cima e perdeu chance incrível de ampliar.

No contra-ataque seguinte, o São Paulo não perdoou o erro de seu ex-jogador. Aos 10, Jean recebeu na área, cruzou rasteiro e Gum mandou contra o próprio gol para empatar. Lucas Gaúcho, que estava na jogada, ainda saiu comemorando, reivindicando o gol de letra.

A partir daí, as expulsões mudaram o panorama do jogo. Primeiro, Xandão cometeu falta por trás em rápido contra-ataque do Fluminense, quando era o último homem, e recebeu diretamente o cartão vermelho. Pouco depois, Richarlyson fez falta em Rodriguinho, reclamou e também foi expulso.

Com dois jogadores a mais, o Fluminense dominou completamente o já abalado São Paulo. E, aos 29, finalmente chegou ao segundo gol. Após jogada de Carlinhos na entrada da área, Conca recebeu, ajeitou e bateu no canto de Rogério Ceni.

O terceiro gol não demorou a sair. Aos 32, o próprio Conca chutou fraco de fora da área, Rogério Ceni rebateu e a bola sobrou para Fred completar para as redes. Mesmo com a vitória garantida, o Fluminense ainda teve tempo para fazer o quarto gol aos 42, quando o meia argentino recebeu na entrada da área e mandou uma bomba, sem chance para Rogério Ceni.

Ficha Técnica:

São Paulo 1 x 4 Fluminense

São Paulo - Rogério Ceni; Jean, Alex Silva, Miranda (Xandão) e Richarlyson; Cléber Santana, Carlinhos Paraíba, Marlos (Ilsinho) e Lucas; Fernandão e Lucas Gaúcho. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Fluminense - Ricardo Berna; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Valencia (Tartá), Deco, Diguinho e Conca; Fred e Washington (Rodriguinho). Técnico: Muricy Ramalho.

Gols - Gum, aos 34 minutos do primeiro tempo; Lucas Gaúcho, aos 10, Conca, aos 29 e aos 42, e Fred, aos 32 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Jean, Ilsinho e Leandro Euzébio.

Cartões vermelhos - Xandão e Richarlyson.

Árbitro - Heber Roberto Lopes (Fifa-PR).

Renda - R$ 169.831,59.

Público - 14.410 pagantes.

Local - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.