Nelson Perez/Divulgação
Nelson Perez/Divulgação

Fluminense joga por empate contra Botafogo para chegar à final

Jogo deste sábado, às 18h30, define um dos finalistas do Carioca

MARCIO DOLZAN, O Estado de S. Paulo

18 de abril de 2015 | 09h04

O Botafogo quer aproveitar o fator casa para reverter a vantagem do Fluminense no duelo que vai definir o primeiro semifinalista do Campeonato Carioca. E o time alvinegro, que conseguiu transferir a partida deste sábado, às 18h30, para o estádio Engenhão, no Rio, precisará mesmo do apoio da torcida, já que precisa vencer por dois gols de diferença. No rival tricolor, Fred teve negado um pedido de efeito suspensivo da punição imposta pela justiça desportiva e está fora.

O Botafogo fechou o seu último treino antes da partida e o técnico René Simões sugeriu que poderá haver surpresa na escalação. "Vamos fazer o nono jogo em 28 dias. Temos alguns jogadores no limite e isso está sendo levado em consideração. Precisamos de pernas novas", afirmou o treinador.

É justamente pelo excesso de jogos que o técnico apontou o Fluminense como favorito na busca por uma vaga à final. "É claro. É um time que não jogou quarta-feira. O Fluminense está com as pernas recuperadas".

Pelo lado tricolor, o técnico Ricardo Drubscky não quis confirmar o substituto do atacante Fred, mas a tendência é que ele opte por Lucas Gomes pelas suas características. "Lucas é mais atacante, de mais força, de carregar a bola, mais contundente. Marlone é mais meia, trabalha mais a bola, é agudo também, mas são detalhes diferentes", considerou.

Campeão do primeiro turno, o Botafogo foi para as semifinais com o direito de jogar por dois empates, mas perdeu por 2 a 1 na partida de ida. Pelo regulamento do Carioca, em caso de vitórias alternadas pela mesma diferença de gols, a decisão vai para os pênaltis.

O Botafogo perdeu apenas duas partidas no Campeonato Carioca - ambas para o Fluminense. E o terceiro jogo entre as equipes deve ter bom público. Mais de 10 mil ingressos, dos pouco mais de 25 mil colocados à venda, foram comercializados até o fim da tarde de sexta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.