Fluminense luta para se recuperar

Ainda sob efeito da derrota para o Paulista na final da Copa do Brasil, o técnico Abel Braga declarou nesta quinta-feira que, apesar da frustração, o Fluminense tornou-se campeão por reconhecimento, em referência aos aplausos da torcida do time após o fim do jogo disputado na noite de quarta-feira, em São Januário."Com esse apoio, a gente busca lá de dentro força para seguir trabalhando. É bom também ter a consciência de que a equipe se esforçou bastante em campo", disse Abel Braga, parabenizando, em seguida, o trabalho da comissão técnica e dos jogadores do Paulista.Abel Braga, pela primeira vez, reconheceu publicamente que o meia Felipe, suspenso até meados de julho pela Justiça Desportiva, fez falta ao Fluminense. "Diante de uma marcação forte, um drible do Felipe pode decidir", afirmou o técnico, que já tinha sido vice-campeão da Copa do Brasil no ano passado - dirigia o Flamengo na derrota para o Santo André. "É decepcionante, mas mostra também que estou sempre chegando às finais."O atacante Tuta parecia não acreditar na perda do título. Ele, inclusive, chegou a colocar em dúvida o mérito do adversário. "Pelo o que jogou em São Januário, o Paulista não merecia a conquista. Só veio para se defender. Ainda não consegui assimilar a derrota, estou chateado", afirmou.Frustrado, o lateral-esquerdo Juan disse que o melhor remédio para se recuperar agora é pensar no Campeonato Brasileiro, mas admitiu: "Hoje não dá. Está recente falar sobre o Corinthians. Mas amanhã as atenções estarão voltadas para o próximo adversário do Fluminense no Nacional."Problemas para domingo, no jogo com o Corinthians em Mogi Mirim, também não faltam para o técnico Abel Braga. A lista de jogadores machucados é extensa. Estão incluídos nela o zagueiro Fabiano Eller, o atacante Leandro, os meias Diego e Preto Casagrande, além do atacante Tuta. "Mais uma vez vou escalar uma equipe modificada, mas não sou de ficar reclamando. Confio na capacidade da equipe", disse Abel Braga, que não teme um eventual desmanche no elenco. Afinal, o lateral-direito Gabriel, o atacante Tuta e o zagueiro Antônio Carlos podem deixar o Fluminense, sem contar a já confirmada transferência do meia Diego para o futebol português. "Posso encontrar opções dentro do clube ou, então, pedir reforços."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.