Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Fluminense marca no fim, bate a Caldense e avança na Copa do Brasil

Tricolor carioca garante classificação com vitória por 1 a 0, com gol de Renato Chaves

Estadão Conteúdo

31 Janeiro 2018 | 22h02

O Fluminense fez o suficiente para garantir vaga na próxima fase da Copa do Brasil. Com gol nos minutos finais, o time carioca derrotou a Caldense por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, em nova partida apagada, no Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG), em jogo pela primeira fase.

+ TEMPO REAL - Caldense 0 x 1 Fluminense

+ TABELA - Confira os resultados da Copa do Brasil

Neste estágio, os times sem enfrentam em jogo único, com vantagem do empate para aqueles que atuam fora de casa. Com gol marcado por Renato Chaves nos minutos finais do segundo tempo, os cariocas avançaram.

Em crise política, depois da invasão de uma das organizadas na reunião da diretoria na noite da última terça-feira, o Fluminense entrou em campo com a notícia de que parte dos salários atrasados havia sido pago. Na beira do gramado, antes da bola rolar, o técnico Abel Braga confirmou o pagamento. "Claro que isso vai amenizar um pouquinho. Falam muito de nós, só notícia ruim", comentou o treinador.

Problemas financeiros à parte, o Fluminense começou o jogo mais ligado, não se preocupou com a grama alta e criou uma boa chance de marcar logo aos nove minutos. Após lançamento de Jadson, Marcos Júnior desviou de cabeça para o gol. No meio do caminho, Feijão conseguiu boa recuperação e afastou o perigo dentro da pequena área.

O tempo foi passando e a Caldense equilibrando as ações com uma marcação forte em cima de Sornoza e Jadson, responsáveis pela criação no meio-campo. Desta forma, os mineiros até assustaram Júlio César em finalização de Arilson, após corte errado de Ibañez.

Em meio ao marasmo do jogo, o Fluminense chegou a balançar as redes com Pedro. A arbitragem, porém, assinalou impedimento de Ayrton Lucas, que fez o cruzamento, e anulou o lance. Antes do intervalo, o goleiro ainda Omar teve que trabalhar em cabeçada de Reginaldo.

Assim como no final do primeiro tempo, Omar teve que trabalhar para segurar a barra da Caldense. Em nova cabeçada, desta vez de Renato Chaves, o goleiro mineiro fez um pequeno milagre para evitar o gol. Os donos da casa foram gostando do jogo e encostaram o adversário na parede, criando boas oportunidades.

Willian teve a chance da partida após cruzamento rasteiro de Juninho. Ele apareceu livre entre os defensores do Fluminense, mas furou, dentro da área, no momento da finalização.

O técnico Abel Braga ficou inconformado com a atuação fraca de sua equipe e o crescimento do adversário. Mesmo assim, os cariocas foram mortais e conseguiram abrir o placar aos 46 minutos com Renato Chaves. Ele recebeu de Pedro e finalizou sem chances para Omar.

FICHA TÉCNICA:

CALDENSE 0 X 1 FLUMINENSE

CALDENSE - Omar; Jefferson Feijão, Marcelo, Robinho e Jhonathan; Jean Henrique, Mineiro (Juninho), Arilson e Potita (Matheus); Willian e Anderson Rosa (Carlinhos). Técnico: Zezito.

FLUMINENSE - Júlio César; Renato Chaves, Reginaldo e Ibañez; Gilberto, Richard, Jadson, Sornoza (Caio) e Ayrton Lucas; Marcos Júnior (Dudu) e Pedro (Marlon Freitas). Técnico: Abel Braga.

GOL - Renato Chaves, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Robinho e Matheus (Caldense); Ayrton Lucas, Renato Chaves e Marcos Júnior (Caldense).

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Junior (PR).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.