Arquivo/AE
Arquivo/AE

Fluminense pega o Águia no Pará e quer vaga antecipada

Depois da eliminação no Campeonato Carioca, Carlos Alberto Parreira quer recuperar o time na Copa do Brasil

AE, Agencia Estado

16 de abril de 2009 | 07h51

Ainda sob efeito da ressaca pela eliminação no Campeonato Carioca, o Fluminense volta a campo nesta quinta-feira, agora pela Copa do Brasil, para enfrentar o Águia, de Marabá, às 21h30 (de Brasília), em Belém. O técnico Carlos Alberto Parreira deu ênfase nos últimos dias ao trabalho psicológico para tentar levantar o moral do grupo, abalado com a derrota para o Flamengo, no último domingo.

Veja também:

link Botafogo e Americano disputam vaga no Engenhão

tabela Copa do Brasil - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Agora é pensar no futuro e correr atrás do título da Copa do Brasil. O Fluminense respeita o Águia, mas tem que ir para cima e tentar vencer por mais de dois gols de diferença para evitar o segundo jogo", declarou o goleiro Fernando Henrique, que espera também dar a volta por cima.

Ele falhou feio no gol do Flamengo no clássico e quer reconquistar a confiança da torcida. "Acho que são poucos os tricolores que ainda estão chateados comigo e eles têm razão. Goleiro não pode errar porque acaba sendo fatal", admitiu. "Estou consciente do que fiz e ainda posso fazer pelo Fluminense. O Parreira me deu tranquilidade e não sou mais nenhum garoto. Já passei por muita coisa no futebol", concluiu, em tom de desabafo.

O Fluminense tem quatro mudanças para a partida. Eduardo Ratinho ganhou a vaga de Mariano na lateral direita. Já João Paulo barrou Leandro na lateral esquerda. No meio-de-campo, saíram os volantes Jaílton e Wellington Monteiro. Entraram Fabinho e Marquinho. "Estou muito feliz pela oportunidade e quero agarrá-la", ressaltou Eduardo Ratinho, que vai jogar pela primeira vez neste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.