Fluminense pode ser punido por vandalismo no Engenhão

Além de ocupar a lanterna do Brasileirão, o Fluminense tem outro motivo para se preocupar. Nesta segunda-feira, Paulo Schmitt, procurador do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), ofereceu denúncia contra o time carioca por conta dos incidentes de domingo no Engenhão. No clássico contra o Botafogo, que terminou empatado por 1 a 1, parte da torcida do clube liderou um quebra-quebra, provando prejuízos ao patrimônio da equipe adversária.Segundo o Botafogo, o vandalismo resultou em 352 cadeiras danificadas no setor sul do Estádio Engenhão. O prejuízo foi estimado em R$ 30 mil, mas o clube estava segurado. Mesmo assim, o STJD pode punir o Fluminense pelo incidente com a perda do mando de campo por até dez partidas no Brasileirão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.