Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Fluminense poupa recuperados da covid-19: 'Só voltam em condições físicas ideais'

Técnico Odair Hellmann optou por não escalar estes jogadores contra o Goiás

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de outubro de 2020 | 20h38

O Fluminense não quer correr riscos com seus nove jogadores que foram infectados pela covid-19. Mesmo necessitando de reforços para a visita ao Goiás, nesta quart-feira, às 20h30, todos foram vetados da viagem à Goiânia para aprimorar a parte física.

Calegari, Luccas Claro, Luiz Henrique e Marcos Paulo poderiam ser titulares diante do lanterna do Campeonato Brasileiro. André, Martinelli, Miguel, Luan e Nascimento seriam opções para o técnico Odair Hellmann. Mas devem ficar à disposição apenas para domingo, em jogo contra o Bahia, no Rio.

O meia Paulo Henrique Ganso, diagnosticado com a covid-19 no dia 30 de setembro, também desfalca o Fluminense no estádio da Serrinha. "Após passarem dez dias isolados em quarentena e sem treinar devido a covid-19, os atletas retornaram aos treinos apenas na última segunda-feira e, após avaliação do departamento médico e da preparação física, não foram relacionados para a partida desta quarta-feira, contra o Goiás, por ainda não estarem em condições ideais", informou o Fluminense.

Além de preservar seus atletas, o Fluminense ainda adora precauções para que não tenha mais infectados. Fred, titular diante do Botafogo e já confirmado diante dos goianos, foi o primeiro do elenco a se contaminar. Sem tantas opções de reposição fortes, o técnico Odair Hellmann tenta preservar só máximo seus principais nomes. 

A tendência é que o time atue com a seguinte formação: Muriel; Igor Julião, Nino, Digão e Danilo Barcelos; Hudson, Dodi, Nenê e Yago Felipe; Fred e Fernando Pacheco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.